Após se posicionar contra vacina chinesa, Jair Bolsonaro recebe dura crítica de José de Abreu

Ator não mediu as palavras e ofendeu durante o Presidente do Brasil

Anúncio


Nesta quarta-feira (21), Jair Bolsonaro declarou que não vai adquirir a vacina chinesa desenvolvida em conjunto com o Instituto Butantan. José de Abreu, sem pensar duas vezes, criticou o posicionamento do Presidente do Brasil em sua rede social.

Continua depois da publicidade

Bozo não tem limites. A sociedade brasileira vai expurgá-lo como a um carnegão podre de furúnculo”, escreveu José de Abreu em seu Twitter. Além disso, o ator compartilhou um tweet que diz: “o Brasil já ultrapassou a marca dos 150 mil mortos, e o nosso presiFake continua brincando com a vida do povo. É um absurdo que a ideologia do Bolsonaro seja colocado a frente dos interesses do coletivo, a frente da saúde pública”. 

Confira também: Mallu Ohana ameaça Zé Felipe falando sobre suporta traição de Gusttavo Lima e Andressa Suita

Continua depois da publicidade

As publicações realizadas por José de Abreu em seu Twitter causaram uma grande polêmica na web. Muitos dos internautas se posicionaram a favor da opinião do ator e chegaram, até mesmo, dizer que o Brasil está perdido com um presidente como o atual.

Continua depois da publicidade

Outros, contudo, iniciaram uma grande polêmica e passaram a defender Jair Bolsonaro por meio dos comentários. Alegaram que o presidente está sendo cauteloso e que, definitivamente, a vacina precisa ser segura antes mesmo de ser fornecida para toda a população.

Não perca! Tá bombando: Andressa Suita pode ter se reconciliado com Gusttavo Lima depois de polêmicas

Entenda o caso

Jair Bolsonaro, por meio do seu Twitter, se posicionou sobre a CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Por meio de uma série de argumentos apresentados por ele, o presidente declarou que não irá adquirir a vacina.

“Para o meu Governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser COMPROVADA CIENTIFICAMENTE PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE e CERTIFICADA PELA ANVISA”, escreveu Jair Bolsonaro afirmando que se recusa a deixar com que o povo brasileiro seja cobaia para a aplicação da vacina.

Além disso, Bolsonaro informou que não se justifica um bilionário aporte financeiro num medicamento que, segundo ele, nem sequer ultrapassou para a sua fase de testagem. “Diante do exposto, minha decisão é a de não adquirir a referida vacina”, finalizou. Os tweets do presidente do Brasil estão dando o que falar em toda a web e, claro, gerando uma grande polêmica entre todos os internautas. 

Você também pode gostar de: Tombo de Fernanda Vasconcellos em premiação volta a ser um dos assuntos mais comentados do momento

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies