Conheça algumas frases de Cecília Meireles, que há 56 anos nos deixava

Poetisa marcou por suas obras e frases memoráveis

Anúncio


Frases sobre a vida – Uma das mais premiadas poetisas brasileiras, Cecília Meireles morreu no dia 9 de novembro de 1964. Uma de suas obras mais conhecidas é “Romanceiro da Inconfidência”, um marco para a segunda geração do movimento modernismo brasileiro.

Continua depois da publicidade

Aliás, seu primeiro livro foi “Espectros”, escrito aos 16 anos e publicado em 1919. Nascida no Rio de Janeiro em 7 de novembro de 1901, Cecília Meireles  foi uma mulher de destaque nas artes por escrever temas profundos com maestria, entre eles a solidão, a melancolia, o amor, a religião e o mundo contemporâneo.

Frases sobre a vida de Cecília Meireles
Frases sobre a vida de Cecília Meireles. Foto: Editora Globo

Cecília Meireles concedeu sua última entrevista ao jornalista Pedro Bloch (1914-2004), em maio de 1964, de onde saíram as frases mais conhecidas da autora.

Continua depois da publicidade

Frases sobre  a vida de Cecília Meireles

“Vivo constantemente com fome de acertar.”

Continua depois da publicidade
  • Lembranças da infância:

“Minha infância de menina sozinha deu-me duas coisas que parecem negativas, e foram sempre positivas para mim: silêncio e solidão.”

  • Convivência:

“Meu vício é gostar de gente. Você acha que isso tem cura?”

  • Relação com a família:

“A dignidade, a elevação espiritual de minha avó influíram muito na minha maneira de sentir os seres e a vida”

  • Importância do conhecimento:

“Não posso arrancar tudo de mim mesma sempre. Por isso leio, estudo.”

  • Arte de comunicar:

“Tenho muito medo da literatura que é só literatura e que não tenta comunicar.”

  • Experiência de vida:

“Viagem é alongamento de horizonte humano.”

  • Respeito ao ser humano:

“Tenho tal amor pela criatura humana, em profundidade, que deve ser doença.”

História da Escritora

Entre os principais prêmios e reconhecimentos por sua obra estão:

  • Medalha de ouro (1913) da Escola Estácio de Sá, ainda no ensino médio;
  • Prêmio Olavo Bilac, da Academia Brasileira de Letras (1938);
  • Grau de Oficial da Ordem do Mérito (1952), recebida no  Chile;
  • Título de doutora honoris causa pela Universidade de Delhi (1954), recebida na Índia;
  • Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras (1965), uma homenagem póstuma.

Leia também: Hoje (09/11) é o aniversário da atriz Maria Ribeiro; confira frases sobre a vida ditas pela atriz

Iniciou a carreira como professora primária, após se formar  na Escola Normal do Instituto de Educação do Rio de Janeiro em 1917. Entre 1936 e 1938 atuou como professora da Universidade do Distrito Federal.

Criada pela avó materna, Cecília Meireles ficou órfã na infância, após sua mãe morrer quando ela tinha dois anos. Seu pai morreu antes de ela nascer.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies