Fascinante descoberta de 5 animais mumificados. Veja agora

Além das múmias propositais, há aquelas que aconteceram ao acaso devido ao local em que faleceram. Veja histórias impressionantes

Anúncio


Muitos povos antigos tinham o costume de mumificar pessoas e animais mortos na tentativa de preservar o corpo e evitar a decomposição. Por isso, de tempos em tempos, arqueólogos encontram múmias que remontam aos séculos passados. Contudo, além das múmias propositais, há também aquelas que aconteceram ao acaso devido ao local em que faleceram. Veja hoje, 30/11, aqui no Folha GO, 5 animais mumificados impressionantes que foram encontrados ao redor do mundo.

Continua depois da publicidade
Animais mumificados: Stuckie, o cachorro
Animais mumificados: Stuckie, o cachorro | Imagem: Scott Beahan, Shutterly Perfect Portraiture

Leia também: O paladar dos gatos: entenda como os felinos sentem os sabores

5 animais mumificados encontrados ao redor do mundo

A mumificação era um costume de diversas populações. Os egípcios, os chilenos e os chineses, por exemplo, tinham esse hábito. Desse modo, há relatos de múmias em variados locais do mundo. Confira alguns abaixo.

Continua depois da publicidade

1. Stuckie – o cachorro mumificado

Você já pensou em encontrar um cachorro dentro do tronco de uma árvore? Pois bem, isso aconteceu na Geórgia, nos Estados Unidos. Uma equipe de madeireiros estava trabalhando na década de 1980 quando encontrou os restos mortais de um cão após cortar uma árvore.

Continua depois da publicidade

O corpo foi encaminhado para especialistas que concluíram que o animal era um cão de caça dos anos 1960. A hipótese é que o animal estava perseguindo uma presa entre as raízes da árvore, quando acabou ficando preso já que o buraco era muito estreito. O cachorro, então, morreu de fome.

múmia Stockie
Stuckie está no Museu do Mundo da Floresta do Sul em Waycross, na Geórgia | Fonte Boa Mente

O curioso, no entanto, é que os restos mortais estavam bem preservados. Uma justificativa é que o cão ficou preso em um carvalho, árvore que contém taninos. Os taninos são úteis para tratar peles de animais e evitar sua decomposição.

Atualmente, a múmia do cachorro está no Museu do Mundo da Floresta do Sul em Waycross, na Geórgia.

2. Lobo da Era do Gelo

Um filhote de lobo com cerca de 50 mil anos, oriundo da Era Glacial, foi encontrado mumificado em 2016 no Canadá. O fóssil do animal, que está em ótima condição, é o único existente de sua espécie.

De acordo com suas características, os especialistas estimam que ele tinha cerca de 8 semanas de vida quando faleceu. Os restos mortais do lobo estão no Instituto de Conservação do Canadá.

3. Cavalo de Lena

Os restos mortais do cavalo da espécie pré-histórica Lena foram achados em um lago na Sibéria no ano de 2018. Ao que tudo indica, o bicho ficou congelado por cerca de 40 mil anos.

De acordo com os especialistas, o cavalo morreu por afogamento após cair no lago. Por incrível que pareça, os restos do potro estavam em boas condições e partes do corpo estavam intactas.

Animais mumificados: mamute Yuka
Animais mumificados: mamute Yuka | Imagem: Cyclonaut/Wikimedia Commons

4. Yuka, a múmia mamute

Estudiosos encontraram a mamute Yuka, em 2010, no Círculo Ártico da Rússia. De acordo com especialistas, ela provavelmente tinha entre 6 e 11 anos de idade quando faleceu, há 39 mil anos. Um leão da caverna foi o responsável pela morte da mamute, já que ele a atacou para se alimentar.

Os órgãos internos, assim como o cérebro do animal, estão muito bem preservados. Yuka é atualmente um dos maiores fósseis já descobertos.

5. Lago Natron

Por fim, o Lago Natron não é apenas um bicho, mas é o berço de muitos animais mumificados. O lago, localizado na Tanzânia, possui a água em um nível alcalino altíssimo, o que a torna cáustica e mortal.

animais Lago Natron
Veja os animais no Lago Notron | Fonte Brasillisnet)

Desse modo, os animais que caem no lago acabam calcificados e morrem. Por causa disso, arqueólogos encontraram diversos bichos lá. Morcegos, águia, pombas, andorinhas e outros tipos de pássaros, por exemplo, são algumas espécies descobertas debaixo da água.

A justificativa é que a superfície do lago Natron reflete como um espelho. Portanto, animais a confundem com uma superfície plana. 

Continue lendo: Como cuidar de um cavalo de estimação? Conheça melhor esse pet

Por fim, gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies