Pode-se criar borboletas? Veja a transformação desse bichinho especial

É possível criar borboletas? Veja que incrível o processo de transformação da lagarta em borboleta.

Anúncio


Você já pensou em criar borboletas como pet? Afinal, são insetos muito bonitos. Hoje, 20/11 o Folha GO conta se é possível e ainda mais, explica sobre o processo incrível que é a transformação da lagarta em borboleta. 

Continua depois da publicidade

Leia mais: Pode usar shampoo de gente em cachorro? Veja 5 dicas para higienização de seu pet.

É possível criar borboletas? 

As borboletas fazem parte da nossa infância, não é mesmo?! E por conta disso muitas pessoas gostariam de criá-las em casa. 

Continua depois da publicidade

Esses insetos são sinais de saúde para o ambiente, quando estão presentes, quer dizer que o local está saudável e vivo. 

Continua depois da publicidade

O processo de transformação da lagarta para borboleta fascina a humanidade ao decorrer dos séculos. Mas será que sua criação é possível? 

transformação da lagarta em borboleta
Transformação da lagarta em borboleta (imagem: gardem orcana)

Para você criar borboletas, primeiramente você precisa de atenção na hora da captura.  

É necessário estar atento à parte inferior de flores e plantas, onde os ovos e lagartas estão presentes, já que é desse modo que se protegem de predadores.

Na coleta é ideal ter bastante cuidado e cortar a folha inteira para não machucar o animal, ou utilizar um pincel para a sua retirada. 

Após a recolhimento eles devem ser colocados em um pote de plástico com tampa, que não seja muito pequeno. 

Não esqueça de furar o pote para a entrada de ar e de colocar folhas para a sua alimentação. 

Leia mais: Cortar ou manter as garras do gato é motivo de dúvida para os donos dos pets.

Quais cuidados deve-se ter com as lagartas? 

transformação da lagarta em borboleta
As lagartas se alimentam de pequenas folhas. (Imagem: eCycle)

Antes de mais nada, é essencial manter a limpeza do ambiente em que a lagarta está, principalmente durante a manhã, horário que costumam defecar. 

Lembre-se também de trocar a sua água e colocar folhas frescas diariamente para que possam se alimentar e crescer corretamente. 

Por último, mantenha o recipiente em que a lagarta se encontra em um ambiente iluminado, com calor e umidade, que são indispensáveis. 

Com o que devo alimentar minha borboleta? 

Durante a sua vida como lagarta, sua alimentação é baseada em folhas, porém isso muda quando elas se transformam em borboletas. 

As borboletas se alimentam do néctar das flores, por conta disso é importante que o ambiente em que ela esteja, possua flores. 

Algumas espécies podem se alimentar de frutas, porém você pode fazer uma mistura de água, mel e açúcar que ela se alimentará da mesma forma. 

Por fim, vale lembrar que existem diversas espécies de borboletas e cada uma deve possui suas particularidades, então em caso de dúvidas, procure um profissional para te ajudar. 

Como funciona o processo de transformação da lagarta em borboleta? 

criar borboletas
Entenda como funciona a transformação da lagarta em borboleta (Imagem: Hs Sinais.com)

Durante a transformação da lagarta para borboleta, ela passa por uma metamorfose anatômica, ou seja, uma transformação em sua forma e estrutura. 

Durante essa mudança, a lagarta se transforma em pupa. A fase de lagarta pode durar até dias, em contrapartida a pupa pode levar até 15 dias. 

Depois de constituir o casulo, a lagarta cria suas asas e seus órgãos evoluem, para que sejam capazes de suprir as necessidades da borboleta que irá surgir. 

Toda lagarta passa por esse processo de transformação, mas infelizmente, nem todas conseguem finalizar, o que resulta em insetos com algum problema físico. 

Leia mais: Aves exóticas: conheça 4 pets para criar em casa ou no campo.

Muito interessante e lindo esse processe de transformação da lagarta para a borboleta, vocês não acham?!  

Agora você já conhece mais sobre os cuidados que as lagartas e borboletas necessitam caso queira virar um criador, vá em frente e se encanta com a diversidade de espécies que existem.

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies