O gato Thai procede do Siamês? Entenda como nasce a raça Thai

Thai e Siameses foram separados apenas em 2007

Anúncio


Ele tem pelo curto e mais escuro nas extremidades, físico atlético e olhos azuis brilhantes. Quem achou que essa descrição refere-se ao gato da raça siamês se enganou. Apesar de ser originário também da Ásia, o gato Thai possui outras inúmeras semelhanças com os siameses. Conheça todas as características hoje, 28/11, na coluna Pets, do Folha Go. 

Continua depois da publicidade

Leia também: Saiba escolher a melhor ração para o seu gato: veja dicas importantes

Saiba quais são as principais diferenças entre o Thai e o Siamês. Reprodução: Pexels

Também chamada de “old style siamese” (siamês estilo antigo), a raça Thai é assim chamada há bem pouco tempo. Apesar de pertencerem a mesma raça durante muito tempo, Thai e Siameses foram separados em 2007. Dessa forma, algumas características deram origem a essas duas raças. Saiba quais são as principais diferenças entre elas.

Continua depois da publicidade

História da raça do gato Thai

Gatos da raça Thai são originários da Tailândia, assim como os siameses modernos ocidentais. A raça surgiu em meados de 1350, como um animal de estimação digno da realeza. Era chamado de Gato Real de Siam (nome da antiga região onde hoje é a Tailândia). Daí veio o nome siamês.

Continua depois da publicidade

Durante os séculos, as gerações distintas de cada raça que foram se acasalando, levaram a duas diferentes raças: a Thai e a Siamês. Mais tarde, em 1884, um casal de gatos da Grã-Bretanha, deu origem ao gato siamês moderno. Atualmente, a raça Thai conserva características originais do siamês.

Personalidade e comportamento

Assim como os siameses, os gatos da raça thai são bastante carinhosos, pacientes e interativos, inclusive com crianças. São animais altamente sociáveis, inteligentes e muito curiosos. Por serem muito sociáveis, eles precisam de contato diário com outros animais de sua espécie ou com humanos.

De personalidade dominante, a companhia de um outro felino deve ser pensada. Dessa forma, se o seu gato for de temperamento meigo, um irmão é sempre bem-vindo. Entretanto, como é bem ativo, o tutor pode levar o gato thai pode para passear de vez em quando. Nesse caso, deve-se atentar para o uso de coleira específica.

Leia também: Gato necessita de tosa? Descubra mais sobre esse cuidado com os felinos

Cores

Uma mutação genética que influencia a produção da melanina faz com que a cor natural dos gatos apareça nas extremidades do corpo do felino. Então, no caso do gato thai, a cor branco suave é a predominante na raça. Entretanto, há outras variações, como chocolate e castanho.

Dessa forma, a cor do corpo é mais clara. Assim, as extremidades, como as patas, a cauda, as orelhas e o focinho, são mais escuras.

As extremidades, como as patas, cauda, orelhas e focinho, são mais escuras. Reprodução: Pexels

Cuidados necessários com a raça

Gatos da raça thai são altamente resistentes, não apresentando histórico genético de doenças. São extremamente exigentes com limpeza. Por isso, é preciso trocar a areia mais de uma vez ao dia.

Dessa forma, em relação aos pelos, é preciso uma escovação regular de sua pelagem. Como adoram receber atenção e carinho, esses gatos são bons para famílias e locais que ofereçam espaço para se movimentarem. O gato thai pode viver de 12 a 20 anos.

Leia também: Vai escolher um gato ou gata de estimação? Veja as características do macho e da fêmea e acerte na decisão

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies