Os gatos são sensíveis às emoções de seus donos? Entenda agora

Acredita-se que os felinos são capazes de limpar as energias negativas

Anúncio


À primeira vista, eles podem parecer indiferentes aos sentimentos humanos. Entretanto, os gatos são sensíveis às emoções de seus donos, podendo, inclusive, reconhecer quando o tutor está feliz ou triste. Essa característica faz muitas pessoas acreditarem que os felinos são capazes de limpar as energias negativas. Saiba mais na matéria de hoje, 27/11, da coluna Pets, do Folha Go. 

Continua depois da publicidade

Leia também: Seu gato morde os cabos elétricos da casa? Entenda o porquê

Gatos são seres desconfiados Reprodução: Freepik

A desconfiança, atributo comum nos gatos, pode revelar a energia negativa por trás do tutor ou de alguma pessoa estranha a eles. Há quem diga que se o gato se afasta de uma visita, por exemplo, pode ser sinal da energia negativa. Entenda como os gatos são sensíveis neste artigo.

Continua depois da publicidade

Gatos são sensíveis às emoções de seus donos?

Os gatos também são animais que conseguem interpretar sinais transmitidos pelos humanos. Seja pelo tom de voz do seu tutor, pelo cheiro ou pelo modo de fazer carinho, os felinos sabem ler as emoções.

Continua depois da publicidade

Por instinto, os gatos sabem quanto o tutor se aproxima para dar carinho ou para dar medicação. E, por isso, reagem de forma diferente. O mesmo acontece quando o gato é presenteado com um petisco. A forma como o tutor se comporta em diferentes situações também interfere em como o gato se comporta.

Por ter uma forte conexão emocional com seu tutor, o gato pode também ser afetado em sentimentos ruins. Se o tutor está passando por uma fase de estresse, o gato também pode refletir esse sentimento.

Gatos são protetores de seus donos

Reza a lenda que o gato é apegado à casa onde vive e não ao seu dono. Entretanto, tutores de felinos sabem que essa não é uma verdade na convivência com esses animais de estimação. Alguns estudos científicos comprovam a sensibilidade dos gatos ligadas às emoções humanas.

Sendo assim, eles são capazes de diferenciar as expressões que remetem à alegria, à raiva ou à tristeza. O fato é que eles interagem melhor quando percebem que seus donos também estão bem. Até quando o tutor fica doente, os gatos são sensíveis em perceber que algo não está bem.

Isso se deve ao fato de o felino ter a visão e o olfato bem apurados. Sendo assim, conseguem sentir alterações bioquímicas, hormonais ou até odores diferentes em seus tutores.

Leia também: Vai viajar de carro com o pet? Veja dicas para uma viagem segura

Qual a diferença entre o cão e o gato nos sentimentos? Reprodução: Freepik

Qual a diferença entre o cão e o gato nos sentimentos?

É notório que pesquisas envolvendo os cães são mais numerosas que as relacionadas aos felinos. Isso revela que ainda há muito o que se estudar no comportamento dos gatos. Entretanto, sabe-se que os cães reagem diferente às emoções, talvez pelo maior tempo que foram domesticados – cerca de 30 mil anos atrás.

Os registros apontam que os gatos foram domesticados a cerca de 10 mil anos. E, talvez, a descoberta sobre como os gatos são sensíveis pode ter demorado a ocorrer porque eles são animais muito sutis. Ao contrário dos cães, por exemplo, que têm reações mais óbvias.

Conhecer a personalidade emocional dos gatos pode fazer com que a reputação dos felinos seja vista de forma diferente. De toda forma, os gatos são animais que demonstram amor, só que uma forma diferente.

Leia também: Os gatos acalmam: o convívio com os felinos influenciam no bem estar; saiba mais

Por fim, gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies