Peixes como animais de estimação: descubra dicas para cuidar e criar diariamente

Peixes são comumente escolhidos para serem os animais de estimação, principalmente por quem não possui tanto tempo disponível na rotina

Anúncio


Os peixes são criados como animais de estimação desde muito tempo atrás. No entanto, há diversos fatores relacionados ao aquário que precisam de atenção. Sendo assim, confira algumas dicas sobre aquários e peixes como animais de estimação aqui no Go Folha nesta segunda-feira (09/11).

Continua depois da publicidade

No Brasil, segundo o IBGE eles são o 4º pet mais comum para se ter em casa. Desse modo, não são só cachorros e gatos são os mais escolhidos pelas pessoas para serem os animais de estimação.

Você sabia dessa estatística? Pois bem, continue a seguir para conhecer mais sobre pet que encanta a tantos por aí.

Continua depois da publicidade
Descubra tudo sobre os aquários para criar peixes como animais de estimação
Descubra tudo sobre os aquários para criar peixes como animais de estimação – Imagem: Divulgação Portal dos Pets

As vantagens de ter esse animal em casa são muitas. Se você adora animais, mas não tem tanto tempo de cuidar, o peixe é perfeito.

Continua depois da publicidade

Além disso, no mercado há inúmeras opções diferentes tanto de espécies, quanto de aquário, que aliás, é muito utilizado para decorar ambientes.

Portanto, confira algumas dicas que podem ser muito úteis na hora de cuidar dos peixes como animais de estimação e informações necessárias sobre os aquários.

Leia também: Como amansar calopsita: confira dicas para deixar a ave mais tranquila

Cuidados com aquário e peixes de estimação

Algumas observações importantes antes de adquirir peixes de estimação que você precisa saber e ficar atento:

  • Antes de adquirir seu aquário e a quantidade de peixes que deseja ter, escolha um que seja adequado quanto ao tamanho e facilidade de manutenção. O espaço para eles se locomoverem, influencia na qualidade da água e suas características químicas, físicas e biológicas.
  • Outra questão, entretanto é a porção diária de comida para o peixe. Ofereça aquela indicada para cada espécie, pois o que sobra fica depositada no fundo e produz substâncias tóxicas que podem causar até morte dos pets.
  • Observe também a decoração com excessos de adornos. Além de dificultar o trânsito dos peixes também atrapalha a higienização do aquário.

Embora eles deem menos trabalho no quesito cuidar, é importante conhecer um pouco melhor sobre esses animais e como é possível oferecer saúde e bem estar, também para eles. Afinal de contas, essa é a ideia de se ter um animal de estimação.

Qual o melhor peixe para colocar no aquário?

Pelo baixo custo e manutenção do aquário, a espécie ideal para ser o seu pet nadador é, sem dúvidas, o peixe Betta.

Ele não necessita de um aquário muito grande, nem de bomba e filtro, pois o sistema respiratório dessa espécie é diferente: ele vai até a superfície para respirar.

Peixe Betta
Peixe betta como animal de estimação (Imagem: wideopenpets.com)

Além disso, ele pode ser criado sozinho ou com outros peixes da mesma espécie, porém, você nunca deve colocar dois machos em um aquário só, ok?

São também muito lindos, pequenos e tranquilos. Vivem em média 4 anos e se alimentam de rações facilmente encontradas em petshop.

Mas lembre-se: você poderá consultar um profissional para orientar sobre melhores condições do aquário e como zelar do seu peixinho.

Quais os peixes mais fáceis de criar em aquário

Que o Betta é uma ótima opção para se ter no aquário, ninguém pode duvidar. Porém, há outras opções muito interessantes e recomendadas por especialistas para comporem o seu aquário, peixes como animais de estimação perfeitos!

Alguns tipos são:

  • Tetra neon;
  • Limpa-vidro;
  • Tanictis;
  • Acará Bandeira;
  • Peixe Palhaço;
  • Kinguios;
  • Mato Grosso.

A escolha, portanto, diz respeito ao tamanho e cuidado com os peixes: são pequenos e fáceis de cuidar.

Peixes
Peixes fáceis de cuidar(Imagem: Petgusto.com)

Qual a temperatura ideal para os peixes de aquário

De antemão,  é preciso que você mantenha a água do aquário numa temperatura de 22ºC a 32ºC sem cloro e sal. Aliás, a qualidade da água do aquário é de fundamental importância para os peixes animais de estimação.

Todavia, para controle da temperatura tenha instrumentos para medir sempre e, também conheça mais sobre os testes hidrológicos e os condicionadores de água, essas são medidas para garantir um habitat próprio das espécies.

Dicas extras

A decoração é aquele ditado: ‘mais é menos’. E vale ratificar os cuidados na escolha dos objetos que vão decora-lo. Assim, observe a qualidade do pH da água e o excesso de objetos que pode comprometer esse controle.

Tendo em vista os cuidados já descritos e apesar dele ser um “acessório” super interessante para a compor o ambiente, não esqueça sobre a saúde e o bem estar dos pets que lá estão e então, facilitar a limpeza.

Por isso, vale escolher um lugar bem bacana para colocar o aquário. De preferência, que não seja exposto ao sol e nem ao frio excessivo.

Confira: Truques para filhote bagunceiro: veja dicas de como deixar o seu cão Pet mais calmo

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagranTwinter e Pinterest

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies