Veja as diferenças entre pato, ganso, marreco e cisne para acertar na escolha

Apesar de serem parentes distantes essas aves se diferenciam em vários aspectos. Conheça

Anúncio


Olhando superficialmente, é com certeza dificílimo apontar as diferenças entre o pato, ganso, marreco e cisne. Mas não pense que esse fato é incomum, pois, confundir essas aves é algo muito comum. Tanto que até no cinema, o famoso personagem do Pato Donald é na verdade um marreco, você sabia? Portanto, veja nesse Domingo, 22 de Novembro, e aprenda mais sobre esses pets diferentes

Continua depois da publicidade

Mas, e você, saberia distinguir as características de comportamento, anatomia e habitat natural de cada um deles? Então, confira a seguir e aprenda mais sobre esses animais.

Leia também: Conheça 7 alimentos proibidos para cães e gatos agora mesmo

Continua depois da publicidade
diferenças entre aves
Veja as diferenças entre pato, ganso, marreco e cisne (Imagem: Site Acredite Ou Não)

Veja as características do pato, ganso, marreco e cisne

Como dito anteriormente, ao observar essas aves é possível que você não consiga de plano diferenciar as características  de cada uma. E apesar de serem parentes distantes, essas aves domesticadas têm em comum também, uma habilidade fantástica, que é a de nadar e flutuar sobre a água.

Continua depois da publicidade

Patos são mais numerosos

Nesse quarteto de pato, ganso, marreco e cisne, os primeiros são mais numerosos em relação às demais espécies. Assim, são mais de 90 espécies diferentes na natureza e algumas são raras de serem encontradas.

Suas penas são altamente resistentes à água, devido a uma camada de cera que se espalha por todo o seu corpo, tornando-o impermeável.

Existem mais de 90 espécies de patos. Imagem: Pexels

Suas penas são altamente resistentes à água, devido a uma camada de cera que se espalha por todo o seu corpo, tornando-o impermeável.

Essa cera é produzida pela glândula uropigial e, mesmo em profundidade, as penas ainda continuam secas. Entretanto, o pato é um exímio nadador, capaz de mergulhar até 17 metros de profundidade.

E, desde filhotes, os patinhos aprendem a sair do ninho e nadar. Isso em poucas horas após terem sido chocados.

Marrecos

Os marrecos, se diferenciam dos patos pelo bico, que é mais achatado e largo. Imagem: Pexels

Já os marrecos, se diferenciam dos patos pelo bico, que é mais achatado e largo. E também pelo tamanho, já que são um pouco menores. Além disso, os marrecos possuem uma postura mais horizontal em relação ao solo.

A carne desta ave é muito interessante, e por sinal seu uso na culinária é bastante comum, principalmente na região sul do país. É considerada mais saborosa que a do pato, por exemplo.

Leia ainda: Pode-se criar borboletas? Veja a transformação desse bichinho especial

Gansos

Gansos têm os três dedos da pata unidos. Fonte: Pexels

Os gansos são maiores que os patos, tanto em tamanho como em peso. Por ter os três primeiros dedos colados por uma membrana, suas patas se transformam em verdadeiras nadadeiras. Entretanto, essas aves gostam de ficar em terra firme.

Assim, uma das características mais marcantes dos gansos é a sua lealdade e companheirismo. Em longas jornadas, estas aves podem ajudar as que ficam doentes ou permanecer ao lado delas em casos de exaustão.

Todavia, por serem fáceis de se domesticar, os gansos também podem ser adestrados. Em cativeiro, essas aves chegam a fazer um verdadeiro escândalo quando avistam algum estranho em seu território.

Cisnes

Cisnes. (Imagem: Pxhere)

O cisne também se tornou um personagem nos livros e nas telonas. Quem conheceu a história do patinho feio sabe que na verdade a ave não era um pato, e sim um belo cisne. Quando filhotes, estas aves têm penas ásperas e eriçadas. Mas, quando adultas, se transformam em uma bela plumagem.

Dessa forma, os cisnes são os animais mais altos deste quarteto, podendo pesar mais de 20 quilos. Assim, sua marca registrada é o longo pescoço e o porte altivo, sendo muito usados como aves ornamentais em lagos artificiais. Essa aves formam casais monogâmicos e vivem juntos até a morte de um deles.

Leia ainda: Transporte para a bicharada: saiba mais sobre esses aplicativos para pets

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies