Adiantamento do 13° salário dos aposentados do INSS está confirmado; veja datas para 2021

Benefício está confirmado, assim como as datas para pagamento

O adiantamento do 13° salário dos aposentados do INSS já está confirmado para 2021. Igualmente, já há definição das datas. Assim, os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social já podem conferir quando receberão os valores hoje, 29/12, no Folha GO.

O décimo terceiro é um direito de todos os beneficiários do INSS. Dessa maneira, não só os aposentados, mas também os demais segurados garantem o recebimento adiantado do valor para 2021.

Leia também: Calendário do INSS 2021 já saiu; veja datas de pagamento para todo o ano

adiantamento 13o salário dos aposentados do INSS
Aposentados se programam para receber valor extra em 2021. (Imagem: MoneySense)

Adiantamento do 13° salário dos aposentados do INSS em 2021 está confirmado

Desde 2006 o INSS adianta o pagamento da primeira parcela para o mês de agosto.

Entretanto, nesse ano a quitação das duas parcelas do décimo terceiro ocorreu entre o final 24 de abril e 05 de junho. O adiantamento foi uma das medidas de contenção dos reflexos negativos da pandemia de Covid-19, sobre a economia.

Além disso, o Decreto 10410/2020 da presidência da República garantiu que a partir do próximo ano, o adiantamento ocorrerá sem a necessidade de publicação oficial que a indique. Ou seja, será automático.

Até então, o adiantamento dependia da publicação de uma portaria específica para cada ano.

Leia ainda:Quem recebe pensão por morte tem direito a 13º? Confira(Abre numa nova aba do navegador)

Quando será pago o décimo terceiro do INSS em 2021?

Em todos os anos o pagamento será nos mesmos meses. Assim, a primeira parcela do adiantamento do 13° salário dos aposentados do INSS tem previsão de disponibilização em agosto. A segunda, por sua vez, será em novembro.

Também veja: Aposentado paga IPTU? Conheça as possibilidades de isenção

Qual será o valor do 13° salário do INSS em 2021?

A determinação do valor do décimo terceiro dos beneficiários do INSS leva em consideração o benefício mensal. Ao mesmo tempo, observa o número de meses pelos quais o cidadão recebeu auxílio previdenciário no ano-exercício.

Dessa maneira, quem recebeu benefícios por 12 meses (ano completo) terá direito ao décimo terceiro no mesmo valor recebido mensalmente. Por outro lado, períodos menores de recebimento dão direito ao abono extra parcial.

O cálculo é proporcional ao número de meses do benefício. Por exemplo, quem se aposentou apenas em março terá direito a 10 meses de décimo terceiro. O cálculo, então, divide o valor mensal em 12 e multiplica o resultado por 10. Assim, tem-se o valor do adiantamento do 13° dos aposentados do INSS.

Por fim, cabe destacar que o mês de início do benefício não é, necessariamente, aquele em que a aprovação ocorreu. Afinal, o INSS considera como início a data de protocolo do pedido da aposentadoria, pensão ou outro tipo de auxílio.

Considere, então, a seguinte hipótese: o trabalhador requer a aposentadoria em outubro de 2020. Contudo, a aprovação somente sai em julho de 2021. Nesse caso, o adiantamento do 13° salário dos aposentados do INSS do próximo ano será no valor integral. Igualmente, o trabalhador recebe valores proporcionais de 2020, bem como os benefícios atrasados.

É muito importante estar sempre atualizado dos procedimentos e regras junto ao INSS para não perder datas de pagamento ou ter seus direitos suspensos.

Portanto, acompanhe sempre as notícias aqui no Folha GO.

Confira agora: Veja como é o funcionamento do INSS durante as festas de final de ano

Leave A Reply

Your email address will not be published.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies