Aplicativo para encontrar pessoas desaparecidas é criado; conheça

Family Faces ganhou repercussão em TV aberta e despertou curiosidade sobre seu funcionamento

Anúncio


Um aplicativo para encontrar pessoas desaparecidas tem ajudado famílias na busca por parentes ou amigos que se perderam e com quem buscam voltar a ter contato. Trata-se do Family Faces. Na busca por pessoas desaparecidas é comum a utilização das redes sociais e/ou até programas de televisão. Pensando no drama de todas essas pessoas espalhadas pelo país, que passam ou podem passar algum dia por essa triste situação, o aplicativo foi criado. Portanto, conheça nesta sexta (23), detalhes sobre a ferramenta.

Continua depois da publicidade
Aplicativo para encontrar pessoas desaparecidas é criado; conheça
Aplicativo para encontrar pessoas desaparecidas é criado; conheça (Foto: Freepik.com)

Disponível para smartphones com sistema operacional Android ou iOS, o Family Faces é gratuito e tem auxiliado bastante.

Leia mais: Entenda detalhes sobre o que seria o seguro-desemprego extra

Continua depois da publicidade

Como funciona o aplicativo para encontrar pessoas desaparecidas?

O app funciona com a base de dados da ONG Mães da Sé, que atua na busca por pessoas desaparecidas.

Continua depois da publicidade

Ele foi desenvolvido para funcionar com um sistema de reconhecimento facial disponível na maioria dos smartphones.

Em poucos segundos, uma imagem feita pela câmera de um celular é registrada no aplicativo e comparada com mais de 10 mil fotos armazenadas no banco de dados disponível no aplicativo.

Além disso, a plataforma é capaz até mesmo de reconhecer pessoas que mudaram conforme o tempo foi passando.

O aplicativo Family Faces passou a ser mais procurado e conhecido da população, após ganhar uma reportagem na edição desta última quinta-feira (22), do Jornal Nacional.

A divulgação em TV aberta, no maior telejornal da televisão brasileira, tem como objetivo ajudar a um número ainda maior de pessoas.

Leia também: Veja as datas da 7ª parcela do auxílio emergencial Bolsa Família

Aplicativo também auxilia na busca de outras maneiras

O aplicativo também oferece outras maneiras de identificação.

Como por exemplo, é possível fazer uma busca completa com o nome do desaparecido, assim como também utilizar o filtro de características físicas.

Vale ressaltar, no entanto, que o aplicativo só funciona caso a foto da pessoa desaparecida já tenha sido armazenada na base de dados da ONG.

Desenvolvedor do aplicativo comenta o assunto

O aplicativo Family Faces foi desenvolvido pela empresa de tecnologia Mult-Connect. Luiz Vianna, CEO, destaca o trabalho feito no auxílio de pessoas desaparecidas.

“A gente sempre utilizou de certa forma o reconhecimento facial. Olhando o rosto de pessoas em embalagens, em carros, na mídia e vendo se a gente, humanos, conseguimos identificar alguém na rua puxando pela nossa memória. O que a gente está fazendo agora é usar uma tecnologia de inteligência artificial para automatizar isso”, falou, ao Jornal Nacional.

Leia ainda: Empréstimo Bolsa Família: saiba agora mesmo como solicitar

O recurso tende a ser muito importante, trazendo um pouco mais de alento e esperança para as muitas famílias que vivem o drama do desaparecimento de um ente querido.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies