Auxílio de R$ 800 já é pago em estado brasileiro; saiba quem tem direito

Benefício será pago a mais de 104 mil gaúchos em parcela única

Anúncio


O Governo do Estado do Rio Grande do Sul lançou um programa local de benefício emergencial, durante a crise gerada pela pandemia de coronavírus. O auxílio é de R$ 800 e vai chegar para mais de 104,5 mil pessoas. Veja hoje (11/05) quem tem direito.

Continua depois da publicidade

O programa leva o nome de Auxílio Emergencial Gaúcho e, por ser lançado pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), é válido exclusivamente para quem reside no estado.

A aprovação do Projeto de Lei 65/2021, de autoria do governo do Estado, aconteceu em unanimidade no dia 6 de abril, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Ao todo, serão repassados R$ 107 milhões para o público que tem direito ao benefício.

Continua depois da publicidade
auxílio de R$ 800
Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul (Foto: GUSTAVO MANSUR/PALÁCIO PIRATINI)

Auxílio de R$ 800: prioridade é para mulheres que são chefes de família

O anúncio da prioridade para mães solteiras, que são responsáveis pelo sustento da casa e que vivem em situação de extrema pobreza, aconteceu no último domingo, dia das mães.

Continua depois da publicidade

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o governador Eduardo Leite explicou:

“Tenho alegria de anunciar nesse dia das mães que é o auxílio emergencial para mulheres chefes de família em situação de extrema pobreza. Vão receber as mulheres responsáveis pelo domicílio e em famílias de cinco ou mais membros, com renda familiar per capita de até R$ 89 por mês e que sejam responsáveis pelo sustento de três ou mais filhos. O benefício não é válido para quem recebe Bolsa Família e nem para quem já recebeu o auxílio do governo federal. É para as pessoas que ficaram de fora. Nosso auxílio será pago em parcela única de R$ 800 para 8.100 mulheres”.

O benefício começará a ser repassado no próximo dia 17 de maio.

Quem mais tem direito a receber o benefício emergencial?

De acordo com o texto da Lei estadual, também vão receber a parcela única com valor de R$ 800, além das mães solteiras, os seguintes grupos:

  • 58.410 microempreendedores individuais (MEIs);
  • 19.458 empresas do Simples Gaúcho;
  • 8.530 desempregados.

Da mesma forma como detalhado no caso das mulheres chefes de família, só vai receber o benefício estadual gaúcho quem não estiver recebendo o auxílio do governo federal.

Você sabe como sacar o auxílio emergencial nas lotéricas?

Para evitar filas ainda maiores do que as que são vistas, a Caixa optou por criar o aplicativo Caixa Tem e liberar saques presenciais de forma escalonada. Respeitando, portanto, um calendário feito exclusivamente para evitar tumultos nos locais de retirada de dinheiro. Mesmo com essa medida, é permitido que qualquer beneficiário retire o dinheiro disponível no Caixa Tem, através de agências da Caixa ou de casas lotéricas.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies