Beneficiários do Bolsa Família não receberão auxílio emergencial? Entenda melhor

Governo estuda novas medidas para o repasse do auxílio em 2021

Anúncio


De abril até dezembro de 2020, os participantes do Bolsa Família em sua quase totalidade (cerca de 95%) receberam o auxílio pago em razão da pandemia pela Covid-19 como substituição do primeiro. No entanto, uma nova prorrogação indaga a seguinte pergunta: “os beneficiários do Bolsa Família não receberão o auxílio emergencial?”. Confira nesta sexta-feira (05/03) esse e outros esclarecimentos.

Continua depois da publicidade

A dúvida se deve a uma fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, ainda no mês passado. Contudo, desde então, muitas mudanças vêm acontecendo e o cenário tem se modificado.

Os beneficiários do Bolsa Família não receberão o auxílio emergencial?

Não, eles receberão sim. A dúvida surgiu após o chefe da pauta da economia, Paulo Guedes, afirmar que os beneficiários do Bolsa Família seriam excluídos da nova rodada de pagamento do auxílio emergencial.

Continua depois da publicidade
Beneficiários do Bolsa Família não receberão auxílio emergencial? Entenda melhor
Beneficiários do Bolsa Família não receberão auxílio emergencial? Entenda melhor (Foto: Agência Brasil)

Segundo Paulo Guedes, os pagamentos seriam focalizados na população sem nenhum tipo de benefício social, que após o encerramento da primeira rodada, ficaram desassistidos.

Continua depois da publicidade

Desse modo, o auxílio em 2021 atenderia 32 milhões de brasileiros. Esse número em 2020 foi de 67,9 milhões.

Contudo, após o aprimoramento da medida, o governo vai atender com o auxílio emergencial os participantes do Bolsa Família que continuam atendendo ao regulamento do programa, além do público que já teve acesso ao auxílio no ano passado (desempregados, MEI, mães chefes de família, etc).

Desse modo, é provável que o pagamento seja iniciado junto com o calendário regular do benefício; isto é, no dia 18 deste mês.

No entanto, ao contrário do ano passado, os valores repassados deverão sofrer alterações, pois o governo estuda criar faixas diferenciadas de valores.

Possíveis valores do auxílio emergencial

De acordo com o que foi divulgado na mídia, o governo deverá pagar em 2021 o auxílio emergencial em valores diferentes.

Além disso, ao contrário de como ocorreu em 2020, o repasse será feito para apenas um membro da família.

Dito isso, é provável que as faixas de valores do auxílio emergencial em 2021 sejam as seguintes:

  • Auxílio de R$ 250 – valor base, pago às famílias com duas ou mais pessoas;
  • R$ 150 – pessoas que moram sozinhas;
  • Auxílio de R$ 375 – pago às mães chefes de família.

Portanto, embora os valores sejam muito inferiores ao que foi pago durante os nove meses do ano passado, as mulheres chefes de família continuam tendo o direito de receber uma cota maior que os demais beneficiários.

MEI vai receber auxílio emergencial em 2021?

Com a expectativa pela confirmação do retorno do benefício pago durante o ano de 2020 às famílias de baixa renda, trabalhadores informais, desempregados buscam informações sobre quem tem direito. Da mesma forma, quem é MEI quer saber se vai receber o auxílio emergencial em 2021.

Explicaremos o assunto hoje. O auxílio emergencial pago durante nove meses de 2020 teve como público-alvo os brasileiros considerados como de baixa renda, que vivem em casas com família sem renda fixa. Desta forma, o benefício serviu para auxiliar esta parte da população no dia-a-dia enquanto durasse o período de calamidade pública.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies