Como calcular o 13º proporcional? Aprenda agora

Anúncio


O final do ano está chegando e com ele a expectativa de recebimento do décimo terceiro salário. Enquanto alguns empregados têm direito a receber uma remuneração mensal extra, outros a receberão de forma parcial. Mas como calcular o 13º proporcional? Entenda sobre o assunto, aqui, neste 22 de outubro.

Continua depois da publicidade

O cálculo é feito a partir da remuneração do cidadão. Além disso, leva em conta o número de meses de vínculo previdenciário ou empregatício. Porém, diferentemente do que parece, essa conta é extremamente simples.

Assim, continue lendo para aprender agora como calcular o 13º proporcional e saber desde logo o valor que será recebido como abono extra no final deste ano.

Continua depois da publicidade

Também veja: Conheça os detalhes do auxílio residual para mães solteiras

Continua depois da publicidade
como calcular o 13º proporcional
O cálculo do décimo terceiro depende do valor da remuneração e do tempo de vínculo do cidadão. (Imagem: RTA)

Como calcular o 13º proporcional?

O cálculo do décimo terceiro leva em consideração dois fatores: remuneração e tempo de vínculo entre o empregado e a empresa.

A legislação determina que se o empregado trabalhar pelo menos 15 dias no mês, isso valerá como um mês completo, ou seja, 1/12 avos do décimo terceiro salário.

Assim, quem esteve vinculado desde o início do ano e não teve alterações no contrato de emprego, como a suspensão do vínculo, terá direito ao recebimento de 12/12 avos. Ou seja, o trabalhador receberá o abono extra correspondente a uma remuneração mensal completa.

Por outro lado a maneira de como calcular o 13º proporcional segue a mesma lógica. O trabalhador deve dividir sua remuneração mensal em 12 vezes. O resultado, então, é multiplicado pelo número de meses de vínculo de trabalho.

A exigência de que tenha ocorrido prestação de ao menos 15 dias de trabalho é importante quando a contratação se deu ao final do mês, aliás.

Considere, por exemplo, um trabalhador contratado no dia 30 de janeiro por uma empresa. Nesse sentido, ele não terá direito ao 13º salário completo, mas a 11/12 do seu valor. Isso porque não terá trabalhado pelo menos quinze dias no mês de janeiro.

Quem tem direito ao 13º salário?

O décimo terceiro salário é uma parcela que se destina tanto aos trabalhadores formais quanto aos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Como calcular o 13º proporcional do INSS e como é o pagamento?

O cálculo do 13º proporcional do INSS é feito da mesma maneira que o trabalhista. Contudo, o pagamento ocorre com base no calendário previdenciário.

Os pagamentos nesse ano ocorreram de forma adiantada. Isso se deve à pandemia de Covid-19. Assim, somente tem direito ao abono extra ao final do ano quem se tornou beneficiário do INSS após o adiantamento dele, que ocorreu em maio e junho.

Nesses casos é preciso calcular o 13º proporcional. Esse pagamento ocorre de acordo com o calendário do INSS, que você pode conferir aqui.

Confira agora: Calendário do FGTS emergencial: fique de olho para receber o dinheiro

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies