Confira o que fazer quando aparecer o status: situação devolvida Benefício Emergencial

O crédito foi devolvido pelo banco? Veja como resolver a questão

Anúncio


28 de outubro de 2020 – O status de situação devolvida Benefício Emergencial tem causado dúvidas aos empregadores e trabalhadores que fizeram acordo para participar do programa criado pelo governo federal para preservação de empregos com carteira assinada durante a pandemia.

Continua depois da publicidade

O BEm é o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda, programa criado pela Lei 14.020/2020 e sancionada pela presidência da República no dia 6 de julho.

Confira o que fazer quando aparecer o status: situação devolvida Benefício Emergencial
Confira o que fazer quando aparecer o status: situação devolvida Benefício Emergencial- Foto Veja-abril.com.br

É um programa totalmente distinto do auxílio emergencial. Enquanto este foi destinado aos trabalhadores informais, desempregados e microempreendedores individuais dentre outros, o Benefício emergencial, por sua vez, destina-se a quem trabalha com carteira assinada.

Continua depois da publicidade

O objetivo do programa é de reduzir o impacto da crise econômica causada pela pandemia de coronavírus nas empresas e, ao mesmo tempo, manter salários em dia dos funcionários. Ou seja, é um auxílio prestado para as duas partes.

Continua depois da publicidade

Leia mais: Qual a diferença entre suspensão e interrupção do contrato de trabalho? Aprenda aqui

Mas, passou a circular nas redes sociais e no Google uma dúvida sobre o crédito devolvido pelo banco. Afinal, o que deve ser feito nesta situação? Entenda.

Situação devolvida Benefício Emergencial para trabalhadores: entenda o que fazer

Quando há acordo entre empregador e trabalhador, o governo entra com o benefício emergencial por 180 dias.

O recurso é gerido pelo Banco do Brasil, mas é repassado ao trabalhador através da Caixa Econômica Federal, através de poupança, Caixa Tem, Cartão Cidadão, ou ainda por qualquer outro banco.

Mas, quando a instituição financeira devolver o pagamento não é necessária a preocupação, conforme explica o próprio Banco do Brasil.

Quando o valor é devolvido por algum motivo o próprio Banco do Brasil disponibiliza o crédito por meio de uma carteira digital, a chamada “Carteira bB” de forma automática.

Leia também: Abono Salarial E PIS São A Mesma Coisa? Entenda Aqui os detalhes

Como acessar a Carteira bB e ter acesso ao benefício?

O dinheiro é depositado na carteira digital do Banco do Brasil apenas nos casos em que há devolução do dinheiro por parte do banco em questão.

  • Para acessar, deve baixar o app Carteira bB na loja de aplicativo de seu smartphone (disponível para Android e iOS) e iniciar o cadastro clicando na opção: Criar Carteira;
  • O aplicativo pedirá todas as informações pessoais para que a conta seja criada em seu nome;
  • Com o cadastro feito no CPF do titular do BEm, o dinheiro poderá ser resgatado através da opção Receber, confirmando mais alguns dados cadastrais. Estando tudo correto, o crédito é disponibilizado.

Vale lembrar que a liberação do cadastro da carteira bB para receber o benefício emergencial só é possível se o Banco do Brasil não conseguir depositar o crédito na conta corrente cadastrada ou houver devolução.

E quem não possui conta em banco, como recebe o BEm?

Nos casos de trabalhadores sem conta corrente ou poupança em nenhum banco, o recurso não é depositado na Carteira bB e sim na Caixa Econômica Federal.

Se houver um Cartão Cidadão cadastrado no CPF deste trabalhador, é por lá que o dinheiro será depositado. Se não existir esse cadastro, aí sim, o dinheiro será repassado pela poupança social digital, movimentada pelo Caixa Tem.

Leia ainda: Golpe FGTS Emergencial: Crimes Se Multiplicaram E Fizeram Milhares De Vítimas

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies