Extensão do Bolsa Família: benefício começa a ser pago sem auxílio; confira o valor médio

O primeiro pagamento do benefício em 2021 inicia normalmente, como aconteceu até março de 2020; isto é, sem o pagamento do auxílio emergencial

Anúncio


Foi iniciado nesta última segunda-feira (18) o calendário de pagamentos do Bolsa Família relativo a 2021. No entanto, o valor da parcela de janeiro é inferior ao que estava sendo repassado nos últimos meses devido à extensão do Bolsa Família; isto é, o auxílio emergencial. Pago em razão da pandemia pela Covid-19, o auxílio substituiu o programa temporariamente, mas não será prorrogado. Desse modo, o Folha Go divulga detalhadamente, nesta terça-feira, 19 de janeiro, as datas para o pagamento do benefício; confira na sequência.

Continua depois da publicidade
Extensão do Bolsa Família: benefício começa a ser pago sem auxílio; confira os valores
Extensão do Bolsa Família: benefício começa a ser pago sem auxílio; confira os valores

Leia ainda: Recadastramento do Bolsa Família 2021: saiba como e onde fazer

Sem a extensão do Bolsa Família, beneficiários voltam a receber benefício normalmente

De acordo com o Ministério da Cidadania, mais de 14 milhões de famílias em situação de baixa renda receberão o benefício do Bolsa Família em janeiro.

Continua depois da publicidade

O programa é direcionado às pessoas que se encontram em vulnerabilidade social e econômica, cuja renda mensal total por pessoa não ultrapassa R$ 178.

Continua depois da publicidade

Desse modo, a renda repassada é voltada para o acesso aos serviços públicos dessa população.

O primeiro pagamento do benefício em 2021 inicia normalmente, como aconteceu até março de 2020; isto é, sem o pagamento do auxílio emergencial.

O ministério estima que o valor médio do benefício seja de R$ 190, representando uma renda muito inferior ao que estava sendo pago pelo auxílio.

As famílias aptas ao recebimento da ajuda financeira paga pelo governo tiveram acesso às parcelas de R$ 300, R$ 600 e R$ 1.200 de acordo com o perfil determinado pelo regulamento do benefício temporário.

Assim sendo, a extensão do Bolsa Família só foi válida até dezembro de 2020. A partir do primeiro pagamento, iniciado hoje, o programa volta a atender todos os beneficiários com o repasse dos valores de acordo com a composição familiar.

Veja também: Bolsa Família vai aumentar em 2021? Confira o que é esperado

Calendário de janeiro

O pagamento do Bolsa Família de janeiro segue o calendário divulgado ainda no início do mês pela Caixa Econômica Federal (CEF) determinado pelo Número de Identificação Social (NIS).

Dessa forma, o pagamento foi iniciado nesta segunda-feira e segue até o fim do mês. Confira o cronograma de pagamento detalhado:

  • NIS final 1: beneficiários começaram a receber hoje, 18/01;
  • 2; beneficiários começam a receber dia 19/01;
  • 3: beneficiários começam a receber dia 20/01;
  • 4: beneficiários começam a receber dia 21/01;
  • 5: beneficiários começam a receber dia 22/01;
  • 6: beneficiários começam a receber dia 25/01;
  • 7: beneficiários começam a receber dia 26/01;
  • 8: beneficiários começam a receber dia 27/01;
  • 9: beneficiários começam a receber dia 28/01;
  • 0: beneficiários começam a receber dia 29/01.

Lembrando que os beneficiários têm até 90 dias (3 meses) para fazerem o saque mensal.

Além disso, neste mês, alguns participantes podem começar a utilizar o Caixa Tem. O aplicativo é a forma de movimentar a Poupança Social Digital, que a priori, foi utilizada para o pagamento do auxílio.

Bolsa Família pelo Caixa Tem

O pagamento do Bolsa Família para beneficiários com NIS de final 6, 7 e 8 poderão receber o benefício pelo aplicativo social Caixa Tem.

A mudança começou ainda em dezembro do ano passado contemplando os participantes com NIS finalizado em 0 e 9.

Até março, portanto, todos os beneficiários, incluindo os que possuem o NIS com último dígito entre 1 e 5 e os grupos populacionais específicos também poderão usar a ferramenta.

Contudo, caso o beneficiário não queira utilizar a poupança digital, a CEF oferece o serviço de saque do benefício normalmente, usando o cartão do benefício ou o Cartão Cidadão.

Confira agora: Saiba como receber o Bolsa Família pelo CAIXA Tem em 2021

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies