Golpe FGTS emergencial: Crimes se multiplicaram e fizeram milhares de vítimas

Anúncio


Nos últimos dias uma operação da Polícia Federal que investiga o golpe do FGTS emergencial veio a público. Ela mira em criminosos que realizam o saque da parcela fazendo cadastros em nome de terceiros. Como ele ocorre é o que você confere aqui hoje, 24 de outubro.

Continua depois da publicidade

O alvo dos criminosos é justamente o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço na modalidade emergencial. Esta modalidade de saque garante aos trabalhadores o recebimento de até R$ 1.045 do saldo de FGTS.

Continue lendo, então, para conferir mais detalhes sobre o golpe do FGTS e o que fazer para evitar se tornar uma vítima.

Continua depois da publicidade

Leia também: Como calcular o 13º proporcional? Aprenda agora

Continua depois da publicidade
golpe FGTS
Entenda golpes que estão sendo aplicados aos beneficiários do FGTS emergencial. (Imagem: O Globo)

Golpe do FGTS Emergencial: Como ele ocorre?

Esse golpe que está sendo investigado pela Polícia Federal ocorre a partir da compra e venda de dados pessoais. Dessa maneira, os criminosos fazem um cadastro em nome do trabalhador beneficiado antes que ele o faça, uma vez que têm em mãos as informações necessárias.

Assim, o verdadeiro beneficiário não consegue fazer o cadastro no aplicativo Caixa Tem, para o qual o valor do FGTS emergencial é transferido. Os criminosos, então, são capazes de usar o saldo antes que a vítima possa tomar qualquer tipo de providência.

Estima-se que o golpe do FGTS emergencial ocorra cerca de 500 vezes semanalmente.

O que fazer para evitar ser vítima do golpe?

O grande problema desse golpe é que ele não depende de algum tipo de ato manipulador, que leve o trabalhador a conceder seus dados sem que perceba. Nesses casos existem quadrilhas de vendas e compras de informações.

Dessa forma, os especialistas em segurança digital apontam que uma das formas de defesa contra o golpe do FGTS é a realização do cadastro no app Caixa Tem o quanto antes.

Porém, também apontam necessidade de melhoria na segurança do próprio aplicativo, pois seus requisitos de cadastro seriam altamente frágeis.

O que fazer em caso de golpe do FGTS?

Por fim, quem for vítima desse golpe deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal para contestar o saque. Para tanto é necessária a posse de um documento com foto.

Confira agora: Como cancelar o saque emergencial do FGTS? Veja aqui

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies