Limite do Pix Banco do Brasil varia entre clientes e horários; entenda tudo aqui

BB afirma que limites são impostos para evitar fraudes

Anúncio


Continua depois da publicidade

O novo sistema de transações bancárias ainda causa algumas dúvidas aos brasileiros, mesmo após uma semana de seu lançamento oficial. Por isso, nesta terça-feira (24/11), falaremos sobre o limite Pix Banco do Brasil.

É chamado de Pix o novo sistema que faz transferências entre bancos e pagamentos via QR Code. Tudo de forma instantânea e sem cobrar taxas para os clientes pessoas físicas, das mais de 700 instituições financeiras que o adotaram.

Continua depois da publicidade
Limite Pix Banco do Brasil varia entre clientes e horários; entenda tudo aquil
Limite Pix Banco do Brasil varia entre clientes e horários; entenda tudo aqui (Foto: Banco do Brasil)

No entanto, o limite de transações e de valores, que podem ser movimentados através deste novo método, é um dos motivos que mais geraram dúvidas dos usuários, durante esta primeira semana de lançamento.

Continua depois da publicidade

Isso porque o Banco Central, órgão que desenvolveu e repassou o Pix para as instituições financeiras do país, não oficializou nenhum tipo de limite. Mas, deixou sob a responsabilidade dos próprios bancos a opção de limitar ou não, o uso do novo sistema bancário, atendendo a alguns critérios específicos.

Portanto, saiba mais sobre como o Banco do Brasil está lidando com essa questão junto aos seus clientes de conta corrente, poupança e carteira virtual.

Leia mais: Saiba como concorrer a até R$ 100 mil pelo Banco do Brasil usando Pix

Limite Pix Banco do Brasil varia de cliente para cliente, entre horários e dias úteis e não-úteis

A regra principal imposta pelo Banco Central é de que os limites para o Pix não podem ser inferiores aos que já são oferecidos nos atuais métodos de transferências, que são os tradicionais DOC e TED.

Com isso, o Banco do Brasil optou por estabelecer limites dentro do que é considerado como aceitável pelo Bacen.

O limite é calculado de maneira automática e varia de cliente para cliente, correspondendo a 50% do valor atribuído para transferências comuns.

Além disso, existem regras que variam entre horários e dias específicos.

Entenda aqui os limites impostos pelo BB ao uso do Pix:

  • Para dias úteis – das 6h às 20h (horário de Brasília)

Este é o horário mais comum para o uso do Pix entre clientes e, por essa razão, o BB permite que sejam transferidos até 50% do limite de TED.

  • Para dias não-úteis e no período noturno – 20h às 6h (horário de Brasília)

Nestes casos específicos, o Banco do Brasil limita seus clientes de forma igual, de acordo com cada segmento, ao permitir que sejam transferidos até os seguintes valores:

  • Segmento Private – até R$ 10 mil
  • Segmentos Estilo, Exclusivo e Personalizado – até R$ 5 mil
  • Clientes dos demais seguimentos, Conta Fácil e da Carteira bB – até R$ 1 mil

Também existe uma limitação no que diz respeito à quantidade de transações, com o uso do Pix, através de chaves cadastradas no Banco do Brasil, no horário considerado como noturno.

  • Das 23h às 5h, o BB só permite que sejam realizadas um máximo de cinco transações Pix.

Leia também: Como faço transferência pelo Pix? Sistema começou hoje (16) oficialmente

Por que o Banco do Brasil está limitando o uso do Pix?

Além de divulgar os horários de funcionamento e limites para cada cliente, o Banco do Brasil também explica o motivo de ter optado por impor as limitações destacadas acima.

Segundo o BB, acontece para diminuir o risco de fraudes, que, por sua vez, podem ser geradas nas transações.

Leia ainda: Como pagar um boleto pelo Pix? Saiba aqui em detalhes

Transferência pelo Pix do Banco do Brasil: Saiba como fazer e concorrer a até R$ 100 mil

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies