Número do requerimento do seguro-desemprego: saiba o que é e onde localizar

Somente com o número do requerimento do seguro-desemprego é possível dar entrada no benefício temporário sem sair de casa

Anúncio


O seguro-desemprego é, atualmente, o principal benefício trabalhista concedido pelo governo aos trabalhadores dispensados sem justa causa; ou seja, quando há o desligamento do empregado na empresa sem nenhuma pendência. Dessa forma, se você não sabe o que é o número do requerimento do seguro-desemprego o Folha Go te responde a essa e outras questões pertinentes nesta sexta-feira (13/11).

Continua depois da publicidade
Número do requerimento do seguro-desemprego: saiba o que é e onde localizar
Número do requerimento do seguro-desemprego: saiba o que é e onde localizar – Imagem: Divulgação G1

Portanto, saiba o que é esse número e onde é possível localizá-lo, pois a solicitação do seguro só é possível com a numeração. Confira, além disso, como dar entrada no seguro-desemprego sem sair de casa.

Leia também: Saiba como fazer o pedido do Cartão Cidadão para receber benefícios

Continua depois da publicidade

O que é o número do requerimento do seguro-desemprego

O número do requerimento do seguro-desemprego é um conjunto numérico formado por 10 dígitos que o profissional recebe ao ser dispensado.

Continua depois da publicidade

Desse modo, após a demissão sem justa causa, o trabalhador deve receber um formulário que contém o número do requerimento do seguro-desemprego. A numeração pode ser facilmente localizada no alto do formulário.

Somente com o número do requerimento do seguro-desemprego é possível dar entrada no benefício.

Portanto, ao solicitar o benefício temporário, o trabalhador deve estar com o número do requerimento em mãos. Desse modo, ele poderá pedir o seguro sem sair de casa.

Como solicitar o seguro-desemprego online

O interessado em pedir o seguro-desemprego deve acessar o Portal Emprega Brasil e selecionar a opção “Cadastrar” no lado esquerdo da tela (caso esteja usando um computador).

Após esse procedimento, será necessário entrar no sistema com um login. Caso o trabalhador já tenha, basta preencher os campos requisitados. Mas, caso contrário, deverá criar uma senha.

Serão solicitados dados pessoais, como CPF, telefone e nome completo. Além disso, o interessado deverá responder perguntas relacionadas à sua vida profissional.

Feito isso, é possível solicitar o seguro-desemprego online. Basta clicar na opção e preencher com o número do requerimento.

O sistema informará, ao término da requisição, se o trabalhador terá direito ou não ao dinheiro. Isso se deve ao cruzamento de dados entre os ministérios e o governo.

Quem pode solicitar o benefício

Todos os trabalhadores que atuaram sob regime CLT (de carteira assinada) que foram dispensados sem justa causa, ou optaram pela rescisão inversa (quando o empregado sai da empresa por falha grave do empregador), têm direito ao Seguro-desemprego.

No entanto, é necessário que os profissionais atendam aos seguintes requisitos:

  • Não possuir nenhuma outra fonte de renda;
  • Estar desempregado quando solicitar o seguro-desemprego;
  • Não ter CNPJ, mesmo que inativo;
  • Ter sido, como já dito, demitido sem justa causa ou na categoria de rescisão inversa, quando o trabalhador pede a rescisão do contrato devido a uma falta grave cometida pelo empregador;
  • Não estar recebendo qualquer benefício do INSS, como aposentadoria.

Caso o interessado esteja recebendo auxílio acidente e pensão por morte, poderá receber o seguro-desemprego sem demais problemas.

O que é o seguro-desemprego

Criado em 1986 no governo Sarney, o seguro-desemprego é um benefício temporário que subsidia trabalhadores formais recém desempregados.

O auxílio visa ajudar o profissional financeiramente, repassando de três a cinco parcelas correspondentes ao valor do seu salário, à quantidade de tempo trabalhada antes da demissão, e à quantidade de vezes em que recebeu o seguro.

Veja ainda: Como saber quanto vou receber de seguro-desemprego? Confira

Além disso, o seguro apoia e auxilia na reentrada do profissional no mercado de trabalho.

 

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies