Saiba como usar o Cartão Bolsa Família para receber o auxílio residual

Somente os beneficiários devidamente inscritos no Bolsa Família recebem o auxílio

Anúncio


O Cartão Bolsa Família é o meio de acesso ao valor do benefício; ou seja, é com ele que o beneficiário saca a parcela mensal. Têm direito ao seu uso todos os beneficiários aptos, que estejam devidamente inscritos no programa. Tendo isso em vista, vale destacar que as parcelas do auxílio residual também são sacadas com o cartão; isso nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF) ou mesmo nas Casas Lotéricas. Portanto, nesta quarta-feira, 21, veja como solicitar o cartão e como usá-lo para receber os benefícios, seja ele o Bolsa Família normal ou o auxílio.

Continua depois da publicidade

Ressaltando que beneficiários do Bolsa Família já começaram a sacar a 2ª parcela do auxílio residual, ainda na última segunda-feira (19); e, assim, seguirão até o final do mês, de acordo com o calendário regular do programa.

Saiba como usar o Cartão Bolsa Família para receber o auxílio residual
Saiba como usar o Cartão Bolsa Família para receber o auxílio residual – Imagem: Divulgação Governo Federal

Leia também: Saiba o que significa base fora do ar no Bolsa Família e veja como agir

Continua depois da publicidade

O que é o Cartão Bolsa Família

Para participar do Bolsa Família, é necessário que a família interessada esteja inscrita no Cadastro Único e os dados cadastrais estejam atualizados há menos de dois anos.

Continua depois da publicidade

No entanto, a inscrição no CadÚnico não significa a entrada automática no Bolsa Família, pois alguns critérios devem ser atendidos; veja quais são:

  • A família deve estar em situação de pobreza (ter renda mensal total de até R$ 178 por pessoa) ou estar na situação de extrema pobreza (a renda mensal total por pessoa é de até R$ 89);
  • É necessário que a família seja composta por gestantes, estudantes de até 16 anos ou crianças em fase de amamentação.

Caso esses critérios sejam atendidos, a entrada no programa é viável, embora a solicitação passe por uma análise.

Se este for o caso, a família pode fazer o pedido para participar do programa no mesmo local onde se cadastrou no CadÚnico, geralmente os municípios prestam esse serviço no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Sendo assim, se a solicitação for aceita, o Responsável Familiar tem direito de receber o Cartão Bolsa Família para sacar as parcelas mensais do benefício.

Ele é entregue na residência do beneficiário, por volta de dois a três meses após a solicitação.

Como receber o auxílio residual com o Cartão

Para ter acesso ao auxílio emergencial residual, basta que o beneficiário se dirija a qualquer agência da CEF ou Casas Lotéricas portanto o cartão e a senha do benefício.

No entanto, ele deve comparecer somente na data estabelecida. Esta é determinada pelo cronograma do programa, definido pelo dígito final do NIS (Número de Identificação Social).

Portanto, as parcelas restantes do auxílio residual serão pagas somente a quem atender os critérios de participação. Neste momento o auxílio não está incluindo novos beneficiários, pois o recurso será pago somente até dezembro.

Veja agora: Bolsa Família: “meu auxílio não caiu na conta”; saiba o que significa

Sendo assim, se o benefício do Bolsa Família for aprovado neste período, o beneficiário receberá as parcelas do programa e não do auxílio residual.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies