Saque-aniversário não caiu na conta? Veja motivos e o que fazer

Veja como agir nos casos nos quais o depósito do FGTS de aniversário não apareceu na conta

Anúncio


Continua depois da publicidade

O que fazer quando o saque-aniversário não caiu na conta, apesar de já ter alcançado a data prevista para pagamento? Muitos trabalhadores têm relatado problemas no recebimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço nessa modalidade. Como agir nesses casos, então, é o que veremos hoje, 19 de abril.

A confusão se deve, em grande parte, ao fato de que essa é a modalidade mais recente de pagamento do Fundo de Garantia. Afinal, ela surgiu em 2019 e seus primeiros pagamentos ocorreram em 2020.

Continua depois da publicidade

Veja ainda: Como Saber Se Tenho Direito Ao Fundo De Garantia? Entenda

Continua depois da publicidade
saque-aniversário não caiu na conta
Problemas no depósito do saque-aniversário indicam problemas com cadastro ou com conta indicada. (Imagem: iDinheiro)

O que fazer quando o saque-aniversário não caiu na conta?

Quando o trabalhador optar pelo saque do Fundo de Garantia na modalidade de aniversário, o valor é pago de acordo com o calendário da Caixa Econômica Federal (CEF). Ela é a gestora da parcela.

Entretanto, em alguns casos, o trabalhador não localiza esse pagamento. A situação mais recorrente é o saldo do FGTS indicar a transferência, contudo sem correspondência  do recebimento na conta destino.

No caso do saque-aniversário não cair na conta o trabalhador destinatário deve se dirigir a uma agência da Caixa Econômica. Essa, por sinal, é a indicação da própria CEF. Para tanto o trabalhador deve estar em posse de sua carteira de trabalho.

O que pode ter acontecido quando o saque-aniversário não caiu na conta?

Segundo a CEF são dois os principais motivos do erro na transferência do saque-aniversário:

  • De um lado, erros ou desatualizações do cadastro do trabalhador;
  • Por outro lado, o dinheiro também não cai diretamente caso a conta indicada corresponder a uma poupança de propriedade conjunta.

Somente a CEF, porém, pode afirmar o que realmente aconteceu quando o saque-aniversário não caiu na conta.

Até quando é possível resolver eventuais problemas com o FGTS de aniversário?

O pagamento ocorre no primeiro dia útil do mês de nascimento de cada trabalhador. Dessa maneira, nascidos em abril receberam os valores no início deste mês.

Contudo, caso não haja o pagamento correto e o FGTS não caiu na conta, há prazo de cerca de 90 dias para resolução do problema. Por exemplo, nascidos em abril podem recebê-lo até o último dia do mês de junho. Ou seja, o prazo sempre se encerra ao final do segundo mês consecutivo ao pagamento.

Como conferir se o saque-aniversário caiu na conta?

Primeiramente o trabalhador deve conferir o calendário com as datas de transferência da parcela. Ele determina as liberações de saldo de acordo com o mês de aniversário do trabalhador.

Em segundo lugar, deve-se fazer uma consulta no aplicativo do Fundo de Garantia. Nele o trabalhador acessa dados condizentes aos depósitos e também às movimentações do FGTS. Dessa forma, o registro dessa transferência leva o trabalhador ao terceiro e último passo.

Ao aderir ao saque-aniversário o cidadão indica o local para recebimento do valor anualmente. Assim, é livre a escolha da instituição bancária para recebimento, bastando que haja a indicação da agência e da conta bancária.

Portanto, para saber, por fim, se o saque-aniversário caiu na conta o trabalhador deve conferir o saldo daquela que foi indicada no momento da adesão à modalidade do FGTS.

Confira agora: Consulta Regularidade FGTS: Veja Como Acompanhar Os Depósitos

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies