Seguro-desemprego Web com certificado digital: como emitir?

Empresas podem emitir guia de seguro-desemprego de forma simples e rápida ao trabalhador

Anúncio


A tecnologia tem proporcionado mais agilidade para a vida de qualquer pessoa. Esse mesmo recurso tem sido utilizado para diminuir a burocracia presente no governo. Uma dessas burocracias era a emissão do seguro-desemprego por meio da utilização de guias impressas. Agora, é possível acessar o sistema do governo e utilizar o seguro-desemprego web com certificado digital ou sem o certificado para emitir esse documento. Mas como fazer isso? Aprenda hoje 01/12.

Continua depois da publicidade
Seguro-desemprego Web com certificado: como emitir? (imagem: divulgação/G1)
Seguro-desemprego Web com certificado: como emitir? (imagem: divulgação/G1)

Veja também: Vai agendar seguro-desemprego? Entenda procedimentos na pandemia

Como acessar o seguro-desemprego web com certificado e emitir a guia do trabalhador?

Empresas podem acessar o sistema do governo para emitir a guia do seguro de forma simples e descomplicada.

Continua depois da publicidade

Ela pode fazer isso diretamente ou por meio da outorga digital de seus procuradores. Um e-CNPJ ou um e-CPF serão utilizados na operação.

Continua depois da publicidade

Para quem ainda não tem o cadastro no sistema precisa fazê-lo. Para isso, basta seguir os passos abaixo:

  • Com o certificado válido em mãos, acesse a página do empregador web no endereço https://sd.mte.gov.br/sdweb/empregadorweb/index.jsf;
  • No lado esquerdo, clique em “cadastrar gestor”;
  • Preencha todos os campos solicitados;
  • Nos campos nome e CPF, os dados solicitados serão do sócio da empresa;
  • Uma senha será enviada para o e-mail cadastrado. Acesse esse e-mail e pegue a senha;
  • Volte para o site acima e acesse o sistema clicando na opção “com certificado digital”;
  • Digite o PIN solicitado e em seguida o login e a senha que você recebeu no e-mail.

Com o cadastro efetuado, a empresa já pode emitir o seguro-desemprego no empregador web.

Para isso, basta clicar no CNPJ da empresa e em seguida em “requerimento” e logo depois em “novo requerimento”.

Vão aparecer alguns campos para preencher. Após o preenchimento, clique em cadastrar.

Por fim, imprima a guia. O trabalhador irá assinar esse documento, que será utilizado para que ele dê entrada no seu seguro-desemprego.

Por utilizar um certificado digital, o procedimento é muito seguro.

Veja também: Não está conseguindo solicitar o seguro-desemprego? Saiba o que fazer.

Procedimento é obrigatório para empresas

Todo empregador que tiver que gerar o requerimento do seguro-desemprego é obrigado a utilizar o sistema. Pelo menos essa foi a decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT).

A única exceção é para as pessoas que possuem empregada doméstica com carteira assinada. Eles não são obrigados a utilizar o empregador web para a emissão do documento.

Sistema tem facilitado a gestão

O empregador web veio facilitar a vida de muitos empregadores. Isso porque trouxe mais agilidade para a emissão e resolução de pendências após a demissão do empregado.

Por meio do empregador web, a empresa pode:

  • Imprimir em folha comum (A4) o requerimento do seguro-desemprego;
  • Cadastrar suas empresas filiais;
  • Cadastrar o procurador para que ele faça o procedimento para a empresa;
  • Preencher e enviar vários requerimentos de seguro-desemprego de uma vez só através do arquivo de importação de dados.

Para a empresa que for impossibilitada de emitir o seguro-desemprego web com certificado por não ter o documento, é possível acessar o sistema sem o certificado, desde que cadastre procuração para que outra pessoa possa representá-la.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies