Tabela de pagamento do INSS: confira datas de pagamento dos benefícios

O calendário inclui as aposentadorias, pensão por morte, auxílio-doença, acidentário e salário-maternidade e demais parcelas. Prevê ainda datas para o 13° dos aposentados.

Anúncio


Anualmente o Instituto Nacional do Seguro Social lança a tabela de pagamento do INSS referente ao próximo ano. A divulgação do calendário dos benefícios pagos em 2020, por exemplo, ocorreu ainda em dezembro de 2019. O calendário de pagamentos prevê as datas de pagamento de todos os benefícios. Assim, ele inclui as aposentadorias, pensão por morte, auxílio-doença, acidentário e salário-maternidade e demais parcelas.

Continua depois da publicidade

Ele prevê, inclusive, as datas para o 13º salário dos aposentados. No caso de 2020, contudo, essa previsão foi ignorada em razão do adiantamento do valor. Portanto, nesta quarta-feira (21), veja abaixo o calendário do INSS contendo datas de quitação até o final do ano.

Também veja: Não consigo anexar documentos no Meu INSS: O que fazer?

Continua depois da publicidade

Tabela de pagamento do INSS: datas de quitação

Tabela de pagamento do INSS: confira datas de pagamento dos benefícios
Tabela de pagamento do INSS: confira datas de pagamento dos benefícios

O calendário contém a previsão anual de pagamentos. Dessa maneira os segurados do INSS podem se programar de acordo com as datas de recebimento de seus benefícios.

Continua depois da publicidade

Para tanto, a divisão se dá com base no valor recebido pelo beneficiário. Ela separa os benefícios equivalentes a um salário mínimo dos de montante superior e cria um calendário para cada grupo.

Dentro desse, então, há uma nova divisão que indica a data de pagamento do benefício de acordo com o penúltimo número do cartão previdenciário. Assim, confira a tabela de pagamento do INSS:

tabela de pagamento do INSS
O calendário de pagamento do INSS define as datas de quitação de benefícios para todos os beneficiários. (Imagem: INSS)

E o 14º salário dos aposentados?

Os aposentados e pensionistas ainda aguardam a possibilidade de aprovação de uma parcela adicional. Chamada de abono ou de 14º salário dos aposentados, ela ainda depende de aprovação do Congresso Nacional.

A expectativa sobre essa criação se deve aos projetos que tramitam perante o Senado e que podem garantir um valor extra, em razão da pandemia. Contudo, o pagamento permaneceria limitado a este ano.

Por outro lado, os beneficiários devem aguardar a aprovação da parcela. Caso aprovada ela deverá gerar uma nova tabela de pagamento do INSS específica para esse fim, assim como ocorreu em relação ao adiantamento do 13º salário do INSS.

Aprovação do benefício após o adiantamento do 13º salário. Como fica o pagamento do abono extra?

O adiantamento do 13º salário ocorreu entre o final de maio e o começo de junho, em detrimento da previsão da tabela de pagamento do INSS. Quem foi aprovado após essa data deve aguardar, pois o pagamento deve ser realizado, então, com base no calendário do INSS.

Confira agora: Como agendar prova de vida INSS? Aprenda aqui o passo a passo

Além disso, para quem foi aprovado após o início do ano o pagamento do 13º salário do INSS é proporcional, contando-se 1/12 para cada mês de benefício recebido.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies