Globo é cobrada por rescisão da Libertadores; entenda

Globo rescindiu a Libertadores e a Conmebol cobra mais de R$ 600 milhões

Anúncio


A entidade Sul-Americana que é responsável pelo futebol no nosso Continente, a Conmebol, entrou com um processo contra a Rede Globo querendo indenização pela rescisão de contrato que a emissora fez encerrando as transmissões da Copa Libertadores da América.

Continua depois da publicidade

A Conmebol está cobrando o pagamento restante do acordo feito de quatro anos. Esse valor soma, aproximadamente US$ 120 milhões, cerca de R$ 653 milhões.

Leia também: Manchester City planeja oferecer contrato de 10 anos a Messi

Continua depois da publicidade

Esse caso será decidido em uma corte da Suíça e esta informação de que a Conmebol estaria cobrando a indenização foi dada pelo blog de Rodrigo Mattos do site UOL.

Continua depois da publicidade

Sendo assim, Alejandro Dominguez, que é o presidente da Conmebol, teve uma reunião virtual, com os clubes, para decidir sobre à organização das oitavas de final da Copa Libertadores da América e comentou sobre o assunto.

Além disso, o presidente disse aos dirigentes que já tinha iniciado ações legais contra a Globo e o DAZN pelos prejuízos acerca dos rompimentos de acordos.

Por fim, o presidente Alejandro Dominguez destacou que as rescisões da Globo e da DAZN causaram enorme prejuízo financeiro para a Conmebol.

Entenda o caso da Globo

Jogos de hoje: confira onde assistir ao futebol na TV nesta quinta-feira (19/11) / Reprodução: Robson Lemes
Jogos de hoje: confira onde assistir ao futebol na TV nesta quinta-feira (19/11) / Reprodução: Robson Lemes

A Rede Globo tinha vencido a concorrência pelos direitos dos jogos da Libertadores da América, em TV Aberta e TV Fechada, dividido com a Fox Sports, em concorrência feita pela Conmebol.

Vale lembrar que o contrato era válido de 2019 a 2022 e seu valor total era de US$ 60 milhões por ano. No entanto, em agosto, a emissora comunicou para a Conmebol a rescisão do compromisso após uma negociação para tentar reduzir os valores.

Desse modo, a Rede Globo alegou que o contrato previa o rompimento no caso de paralisação do campeonato por força maior, o que ocorreu por causa da pandemia de Covid-19.

Assim, a Confederação Sul-Americana entendeu que só poderia haver quebra do contrato no caso de ela ser a culpada por parar o campeonato. Portanto, a cobrança da Conmebol é para receber o restante não pago pela Rede Globo.

Além disso, dois anos ainda estavam em aberto, que é 2020 e 2021, pois as temporadas ainda não tinham começado. Como já citado, o valor soma, aproximadamente US$ 120 milhões, cerca de R$ 653 milhões.

Vale mencionar, ainda, que o valor pode ser maior, se a rede Globo não tiver quitado todas as suas parcelas anteriores. Por fim, a Globo tentou outra proposta, porém a Conmebol não quis mais fechar acordo com a emissora.

Globo x Libertadores: Novo contrato

A Conmebol optou em fazer um contrato com a emissora do Silvio Santos, o SBT, e mesmo que o contrato tenha valores menores, existe a oportunidade de ter mais patrocinadores na Libertadores da América.

Ademais, a Globo tem outra disputa judicial por causa de acordos de transmissão de campeonatos. Existe uma pendência com a Fifa, pois a emissora questionou o pagamento relacionado aos direitos da Copa do Mundo. E, também, há ameaça de rompimento do acordo.

Leia também: Onde assistir ao vivo Racing x Flamengo pela Libertadores nesta terça (24)

Fora isso, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) está processando a Rede Globo pela rescisão do contrato do Campeonato Carioca.

Por fim, a Rede Globo foi questionada sobre o processo pelo site Uol. E a comunicação da emissora informou que tem o conhecimento do procedimento iniciado pela Conmebol. Mas não irá se manifestar sobre o assunto sub judice, ou seja, em julgamento.

Veja também: D’Alessandro comunica que deixará o Internacional no final do ano

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies