Manchester City planeja oferecer contrato de 10 anos a Messi

Jornal diz que Grupo dono do Manchester City planeja oferecer contrato de 10 anos a Messi

Anúncio


O atacante Messi do gigante time da Espanha Barcelona está livre para assinar um pré-contrato a partir de janeiro. O jogador argentino pode receber, em breve, uma proposta de uma empresa dos Emirados Árabes para ser embaixador e escolher onde encerrar a carreira.

Continua depois da publicidade

Manchester City é cotado como provável destino de Messi desde quando o craque tentou deixar o Barcelona há poucos meses atrás.

Veja também: Onde assistir ao vivo Racing x Flamengo pela Libertadores nesta terça (24)

Continua depois da publicidade

O Manchester City ainda segue interessado em ter o atleta defendendo suas cores e não só dentro de campo.

Continua depois da publicidade

O jornal The Times afirmou, em sua edição nesta terça-feira dia 24 de novembro, que um grupo empresarial vai fazer uma proposta ao jogador.

Este grupo empresarial é dono do clube inglês, e pretende oferecer um contrato de 10 anos ao astro, que poderia se tornar embaixador da marca.

A publicação ainda cita que o interesse pelo Messi vai muito além do Manchester City, onde o astro poderia reencontrar seu ex-técnico Pep Guardiola.

O projeto desse grupo, chamado de Futebol City, é um conglomerado dos Emirados Árabes Unidos que tem a equipe de Manchester como grande bandeira, mas também é dono de mais nove equipes pelo mundo.

Este grupo, a princípio, quer Messi jogando na Inglaterra, mas o deixaria livre para escolher outra franquia para defender antes de terminar sua carreira.

Segundo o The Times, a ideia será aproveitar o momento e apresentar um projeto grandioso ao jogador, que, em janeiro, vai estar livre para assinar um pré-contrato.

O grupo City vai oferecer um contrato de 10 anos no total, que estaria dividido em um período de serviços prestados como atleta e outro como embaixador da empresa.

Como vai funcionar?

Jogos de hoje: onde assistir ao futebol na TV nesta quinta-feira (12/11)
Jogos de hoje: onde assistir ao futebol na TV nesta quinta-feira (12/11)

Messi, com seus 33 anos, no início vai defender o Manchester City, mas poderá optar por outras equipes que pertence ao grupo quando quiser aposentar.

Ele terá muitas opções em diferentes continentes, uma vez que o conglomerado é dono de vários clubes ao redor do mundo.

O Grupo City é dono de clubes como o New York City, dos Estados Unidos; do Melbourne City, da Austrália; e do Yokohama F. Marinos, do Japão.

Depois de aposentar, ele irá participar de eventos representando o conglomerado, até o fim de seu contrato.

Assim, o Grupo City acredita que poderá valorizar sua marca, alinhando-a com a imagem de Messi.

Tornando-se o grande expoente do projeto de futebol ligado ao governo dos Emirados Árabes, que foi iniciado em 2008, com o clube de Manchester City.

Esta reportagem feita pelo The Times surge um dia depois que a Sky Sports garantiu que o Manchester City não tinha interesse da contratação de Messi.

Messi sempre está sendo cogitado no clube inglês Manchester City, porém, o nome do argentino ganhou muita força no fim da última temporada.

Por que o camisa 10 do Barcelona informou que gostaria de deixar o clube sem pagamento de multa rescisória.

Porém, a diretoria do Barcelona teve uma postura contrária, e Messi, para evitar uma briga judicial contra o Barcelona, decidiu ficar até o fim da temporada, entretanto pretende sair ao término de seu contrato.

Veja também: Aniversário de 4 anos pela classificação da Chapecoense para finais da Sul-Americana

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies