Geisy Arruda é chamada de chifruda e dá a melhor resposta a seguidor

Anúncio


Não pense que a vida dos famosos são só flores, Geisy Arruda sabe bem disso! A influenciadora digital compartilhou um momento em que assistia a live do Bruno e Marrone no estilo ”sofrência” cantando o clássico ”A Dama de Vermelho”, nesta terça-feira (05), e o seguidor mandou um direct dizendo ”Eita que o chifre tá doendo”.

Continua depois da publicidade

Mostrando que não aceita desaforo, Geisy Arruda deu uma resposta lacradora ao seguidor folgado e rebateu: ”Você deve ser seguidor novo. Duas info: eu sou solteira, logo não tenho chifres e eu sou apaixonada por esta música ”Dama de Vermelho”. Tá legendada em quase todas as minhas fotos vestida de red”, escreveu.

Confira ainda: Funkeira Lara Silva troca de roupa na frente da câmera e faz sucesso

Continua depois da publicidade
Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Stories Instagram)
Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Stories Instagram)

Geisy Arruda se destaca como escritora de contos eróticos

Relacionados

Investindo na carreira de escritora, Geisy Arruda já conta com três exemplares de contos eróticos vendidos no mercado, sendo os dois primeiros intitulados: ”O Prazer da Vingança” e ”Desejo Favorito”. No mês passado, a influencer lançou seu terceiro livro com o título ”Não apague meu fogo, queime comigo”.

Ela contou um pouco sobre sua terceira obra para maiores de 18 anos: “No meu livro tem safadeza durante home office, sacanagem com vizinho, festinha na faculdade, enforcamento e um pouco de BDSM. Diferente dos outros dois livros, esse terá nudes. A minha nude é a cereja do bolo, ou a sobremesa, depende do apetite”, brincou ela.

Você pode gostar: Após queda drástica, Luísa Sonza faz proposta em plena rede social e fotos antigas da época com Whindersson Nunes vem à tona

Foi muito difícil escrever sobre contos eróticos em tempos que as pessoas não podiam se tocar, fazer sexo e tudo mais. Logo, adaptei meus contos à pandemia. Muitas histórias são inspiradas nas minhas próprias relações e meus fetiches, tem situações reais”.

A sua última obra foi escrita durante o período da pandemia e reúne 15 contos dos mais variados temas sexuais. “O livro foi escrito junto com a pandemia, todos estavam isolados, com medo e baixa libido. Eu demorei um ano e quatro meses, pois tive muito baixa libido. Ele prova que mesmo nas dificuldades e diante dos problemas, a chama do prazer e o sexo são muito importantes, até para a saúde mental”, revelou a escritora e influencer digital.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies