Leonardo deixou uma cachaça para netinha? Web ri e comenta

Havia uma cachaça no quarto de sua netinha e web comenta

Na noite deste domingo (30), o cantor Leonardo foi bastante comentado na web após uma foto em que aparece uma garrafa de bebida alcoólica no quarto de sua netinha recém nascida. A foto, que foi um story publicado no perfil Gina Indelicada, levou os fãs da web a fazerem vários comentários engraçados sobre o cantor, arrancando muitos risos.

Leonardo é um dos ícones quando o assunto é música e cachaça. Na mesma semana que o Papa Francisco disse que o Brasil não tem salvação por haver muita cachaça e pouca oração, ele continuou a deixar sua marca registrada. No perfil de Gina Indelicada, foi legendado:

-- Continuar depois da publicidade --

-- Continuar depois da publicidade --

“Certamente o vovô Leonardo já visitou sua netinha e deixou até sua marca no quarto! Depois o povo vem reclamar dos comentários do Papa”, legendou o perfil Gina Indelicada.

Os comentários deixados pelos seguidores da web foram um misto entre Leonardo, cachaça, sua neta e o Papa Francisco. Alguns deles foram: “Depois vão criticar o Papa..“, comentou um seguidor. “Visitou ainda não, a garrafa ainda tá cheia.“, brincou um segundo. “Foi a primeira coisa que reparei.“, também comentou uma terceira.

Leonardo de ressaca

Leonardo, poucas horas antes de ser comentado pelo perfil de Gina, havia dito que estava de ressaca, esperando o sono deste domingo para a segunda-feira. O cantor perguntou quem também estaria como ele e, então, alguns comentários foram feitos.

“Vou ali e já volto 😴 ! Alguém por aí com ressaca ?”, publicou o cantor Leonardo.

Dentre todos os comentários, alguns foram: “Tira a resseca que sua neta tá chegando.“, alertou um seguidor. “Ele vai ali e já volta, não e ressaca. Mas sim o nascimento da neta Maria Alice.“, comentou também um segundo seguidor. “Pouca oração e muita cachaça não tem salvação!!“, lembrou um terceiro.

Muita cachaça e pouca oração

O Papa Francisco disse, em tom de humor, que o Brasil não tem salvação pelo fato de haver muita cachaça na vida dos brasileiros e pouca oração. Isso não deixa de ser verdade, porém o Brasil não é uma pessoa: uma pessoa concreta pode rezar mais do que tomar cachaça, não o país.

Isso faz com que alguns, donos da moralidade, acabem olhando para cenas como essa e apontando o dedo, apelando ao que Francisco disse. No entanto, se cada um olhar pra si e analisar a verdadeira medida e importância entre beber e rezar, aí sim o Brasil, como um todo, teria salvação.

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...