Thiago Gagliasso fala sobre o caso envolvendo Maurício

Maurício, jogador de vôlei, foi demitido após comentários considerados "homofóbicos"

O ator e empresário Thiago Gagliasso, que diz não se considerar mais um irmão de Bruno Gagliasso, publicou em seu perfil das redes sociais nesta quarta-feira (27), uma postagem comentando sobre o caso envolvendo o jogador de vôlei Maurício. O jogador, após alguns comentários, foi acusado de homofobia e, como consequência, acabou sendo demitido de seu clube.

O caso, de fato, está chamando atenção de todo o Brasil. Um assunto, relacionado com a liberdade de expressão, que todo mundo está de olho. Dentre eles, Thiago Gagliasso, que pôde, então, comentar:

-- Continuar depois da publicidade --

-- Continuar depois da publicidade --

“Volto a repetir, cancelamento é igual fantasma, só aparece pra quem acredita. Nada que um bom e velho FODA-SE não resolva em 99% dos casos. Esses caga regras de merda, patrulhadores n tão nem ai e pouco se importam de fato com a causa e sim com quem causa. Bola pra frente Mauricio, pode confiar…”, publicou, em seu perfil das redes sociais, Thiago Gagliasso.

O ator e empresário acabou recebendo uma série de comentários, onde as pessoas puderam expor as suas impressões e opiniões sobre a questão.

“Tbm acho, não tem que pedir desculpas pra essa militância nojenta.”, escreveu, em princípio, um seguidor. “Não basta aceitar/respeitar, obrigam a ter de achar bonito.”, logo em seguida, disse mais uma seguidora. “Enquanto tivermos medo de cancelamento eles vão continuar.”, por fim, completou um terceiro seguidor.

Thiago Gagliasso e Joaquim Teixeira comentam caso Maurício

O humorista Joaquim Teixeira, famoso pelo seu estilo único de escrever e contar piadas, acabou comentando o caso envolvendo o jogador Maurício. Thiago Gagliasso aproveitou a oportunidade para repostar sua publicação e, ainda por cima, ressaltar o conteúdo dito:

“Sabe o que é o pior? Kkkk o pior é que verdade… mentira? Vozão acertou em cheio @joaquinteixeir.”, comentou Thiago Gagliasso em publicação de Joaquin Teixeira.

“Tem que ser trans ou gay pra ser paparicado pela mídia. Se for conservador e cristão, é cancelado pelos lacradores.”, comentou, em princípio, um seguidor. “Tá f***. Ninguém mais pode ter opinião.”, disse, em seguida, outro seguidor. “Próxima convocação da seleção, se não for bissexual tá fora.”, concluiu, por fim, um terceiro.

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...