Bloodhound: conheça tudo sobre o cão farejador que é super gentil e dócil

Devido ao olfato apurado, cachorros da raça eram usados para buscar animais feridos ou pessoas desaparecidas

A maioria dos cães adoram cheirar tudo que veem pela frente, não é verdade? Eles usam seu poderoso olfato para identificar pessoas e objetos. O mesmo acontece com os cachorros da raça Bloodhound, também conhecida como Cão de Santo Humberto. No entanto, eles são farejadores natos que amam seguir rastros. Leia este artigo do Folha GO hoje, 01/01, e saiba mais sobre esse tipo de pet.

Também chamados de Cão-de-santo-humberto, eles são farejadores natos e amam seguir rastros
Também chamados de Cão de Santo Humberto, eles são farejadores natos e amam seguir rastros | Imagem: 1ZOOM

Leia também: Quer um cão esportista? Aposte na raça de cachorro Flat-coated retriever

História e origem do Bloodhound

Não se sabe ao certo qual o mix de raças que deu origem ao Bloodhound. Contudo, sabe-se que ele surgiu na Bélgica, e foram desenvolvidos pelos monges de Saint-Hubert. Lá criou-se uma tradição na qual os monges do monastério presenteavam o rei da França com um cachorro da raça. Por isso, ficaram conhecidos como Cão de Santo Humberto.

Na época os cachorros Bloodhound ajudavam a rastrear presas e a caçar animais, além de farejar trufas e cogumelos. Ademais, devido ao seu olfato super apurado, eles eram importantes na busca por animais feridos ou pessoas desaparecidas nas florestas.

Tempos depois, os cães foram levados para a Inglaterra, onde passaram por cruzamentos com outras raças e chegaram à forma que conhecemos hoje em dia. Eles ganharam o nome de Bloodhound, que significa “puro sangue”, porque são considerados raça pura.

Veja ainda: Descubra agora 5 curiosidades sobre o focinho do seu cachorro

Características da raça

Os Cães de Santo Humberto são de porte médio e grande. Desse modo, eles podem chegar a pesar 50kg e medir 68,5 cm de altura. Sua expectativa de vida é de 10 a 12 anos de idade.

Seus traços físicos são capazes de conquistar qualquer um. Com olhar fofo, orelhas caídas e dobrinhas na pele ao redor do pescoço e dorso, eles conseguem tudo que querem dos seus donos.

A estrutura corporal desse tipo de cachorro é alongada e transmite imponência. A pelagem curta e densa pode ser nos tons de preto e fogo, fígado e fogo, e fogo.

Vale lembrar ainda que devido ao tamanho e à natureza farejadora, os cães Bloodhound precisam de bastante espaço para viver bem. Além disso, é necessário praticar atividades físicas, como caminhadas e brincadeiras, diariamente.

Seu olhar fofo, orelhas caídas e dobrinhas na pele conquistam qualquer um
Seu olhar fofo, orelhas caídas e dobrinhas na pele conquistam qualquer um | Imagem: Breed Advisor

Personalidade

Além de fofo, esse pet conquista também pelo temperamento amigável. Ele é um cachorro dócil, calmo, paciente, amoroso, fiel, brincalhão e até um pouco tímido com estranhos.

Por outro lado, o cão de Santo Humberto é forte, independente, perseverante, determinado e inteligente. No entanto, a inteligência contribui um pouco para sua teimosia. Muitas vezes eles gostam de seguir sua própria opinião ao invés de obedecer aos donos.

Cuidados especiais com o Bloodhound

O principal cuidado que se deve ter em relação aos cachorros da raça é quanto à higiene. Eles costumam babar bastante e o líquido acaba se acumulado nas dobrinhas da pele. Por isso, é preciso limpar a região para evitar o mau cheiro, além do aparecimento de fungos e bactérias.

Por fim, atente para as orelhas do cão. Como são caídas, elas podem encostar na comida, água ou em qualquer coisa que estiver no chão enquanto eles estão farejando. Sendo assim, indica-se checar e limpar as pontinhas regularmente.

Continue lendo: O incrível olfato dos cães: saiba mais sobre esse super poder dos caninos

Por fim, gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...