Looks like you have blocked notifications!

Como proteger o pulo do gato de estimação? Confira 3 dicas

Telas são indicadas para proteção e podem muito ser úteis

-- Continuar depois da publicidade --

Proteger o pulo do gato de estimação. Todos nós sabemos que os gatos são animais muito ágeis e com reflexos impressionantes. Eles são, sem dúvida, grandes caminhantes na corda bamba, o que faz muitas pessoas pensarem que não há perigo de eles caírem , mesmo que saiam para o peitoril da janela para se bronzear. Hoje (12/01) aqui na Coluna Pets do Folha Fo, vamos falar mais sobre como proteger o pulo do gato de estimação.

Infelizmente diferente do que muitos  pensam, a verdade é que todos os anos muitos gatos caem de uma janela ou varanda, com consequências mais ou menos graves – desde pequenos ferimentos até, no pior dos casos, a morte.

-- Continuar depois da publicidade --

Por isso, quando decidir adotar um gato, é fundamental que adapte à sua casa a ele, que o “gatinho”, tornando-o o mais seguro possível, para evitar possíveis quedas ou fugas. Neste artigo faremos uma revisão das diferentes opções que temos para proteger nossos pequenos acidentes de felinos, desde redes para gatos até grades de segurança metálicas.

Leia também: Dor de ouvidos em cachorros; cuidados e dicas da veterinária

Pulo do gato: como proteger janelas para evitar que seu gato caia

pulo do gato
Gatos podem pular de sacadas Foto – Pixabay

Os gatos adoram olhar o panorama das janelas das nossas casas, por isso é muito comum encontrá-los sentados no peitoril da janela, prestando atenção a todos os passarinhos que voam e a tudo o que acontece lá fora.

Se também encontrarem a janela aberta, ficarão maravilhados, pois também poderão sentir o sol e o ar e cheirar o ambiente.

Por que não dar a eles esse prazer? A seguir, veremos as diferentes maneiras de proteger as janelas de sua casa para evitar a queda de seu gato.

Opção 1: Instalar uma rede de proteção para gatos

pulo do gato
As telas de proteção protegem os felinossFoto – Pixabay

As  redes para gatos do tipo flexível são uma opção muito prática para permitir que o seu gato fique à janela, tome sol e a observe tudo o que acontece à sua volta, sem correr o risco de cair.

Além disso, não tiram a luz e permitem-lhe ver perfeitamente o exterior, tanto a si como ao seu gatinho, que sem dúvida ficará encantado por poder desfrutar do ar livre.

Existem empresas especializadas em instalar este tipo de redes em janelas e varandas, mas se você é bom em fazer as próprias coisas, pode tentar fazer e  economizará.

-- Continuar depois da publicidade --

Mas o mais recomendado é sempre procurar um profissional capacitado que vai fazer este serviço com mais segurança, e assim, não colocar em risco a vida dos nossos felinos.

Ademais, veja ainda: Animais de estimação incomuns: conheça famílias que inovam com pets

Opção 2: Instale redes mosquiteiras para proteger as janelas e evitar que o gato caia

Os mosquiteiros  são uma boa opção para abrir as janelas com segurança, sem medo de que o seu gato possa sofrer um acidente.

Além disso,  além de evitar que o seu gatinho caia da janela, você também vai impedir que moscas e mosquitos entrem.

No mercado podemos encontrar diversos tipos de redes mosquiteiras, mas nem todas podem ser adequadas para proteger os nossos pequenos felinos. Verifique com atenção a escolha do material, que seja o mais seguro possível.

Opção 3: Instale uma grade de metal para evitar que o gato caia do terraço ou varanda

pulo do gato
É importante proteger os gatos dos saltos de muros, por exemplo. Foto – Pixabay

As  grades metálicas  são uma ótima opção para  proteger uma varanda ou terraço  e torná-la um local seguro para o seu gato. Têm a vantagem de ser ainda mais resistentes que as redes de segurança, mas, sim, deve-se reconhecer que são muito menos discretos, pois são mais visíveis.

Tal como acontece com as redes de segurança, se vai instalar uma grelha metálica, deve certificar-se de que o seu terraço ou varanda está bem fechado, do chão ao teto.

Caso não esteja, deve instalar uma estrutura de madeira ou metal que permite criar um gabinete. Você também deve se certificar de que os buracos na cerca são pequenos o suficiente para que o gato não consiga sair deles.

Um gato acostumado a morar em casa não está preparado para sobreviver nas ruas, e estará exposto a perigos como: ser atropelado por um carro, atacado por outros gatos, ou por um cachorro, ou simplesmente acabar morrendo de fome.

Por tudo isso,  é fundamental que você condicione sua casa e torne-a segura. Aliás, ninguém quer que o pulo do gato seja um problema, não é mesmo?! O investimento e esforço para protegê-lo valerão a pena. É garantia na certa!

Por fim, não deixe de conferir: Maus-tratos contra animais aumenta em Minas Gerais

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...