Espirro reverso em cães: O que fazer nesse caso?

Conheça mais desse problema e aprenda como ajudar o seu pet com espirro reverso

Alguns cães sofrem com espirro reverso. E se esse é o caso do seu mascote, Hoje 25/03, no FolhaGo, você vai aprender como ajudar o pet quando ele passar por uma crise de espirro reverso. O primeiro passo é não entrar em pânico.  Logo você vai descobrir porque alguns cães costumam passar perrengues com esse problema.

Veja também:  Como a covid-19 tem afetado os cães e gatos: saiba das últimas notícias

-- Continuar depois da publicidade --

blank
Descubra o que é um espirro reverso (Fonte: Freepik)

O que é um espirro reverso em cães

Muitos tutores se assustam quando presenciam uma crise de espirro reverso em seus cães.

Contudo, caso surgir  essa situação, não entre em pânico, uma vez que, o espirro reservo pode ser comum em alguns casos.

Mas afinal, o que é o espirro reverso? Bem, vamos lá! O espirro reverso nada mais é do que a entrada de ar excessiva no nariz dos cães.

Quando o pet espirra, o ar do pulmão sai com força das narinas com a intenção de empurrar possíveis corpos estranhos presentes.

No espirro reverso a intenção é a mesma, contudo, o ar acaba entrando no focinho, em vez de sair.

blank
Saiba como identificar uma crise (Fonte: Freepik)

Como identificar um espirro reverso?

Normalmente, quando os cães estão com crise, é bem  comum que eles façam barulhos parecidos com roncos ou asfixiar.

Além disso, o pet costuma ficar agitado, uma vez que, essa ação causa incômodo no animal.

Assim, é necessário que o tutor esteja sempre atento para tranquilizar e ajudar o pet a se livrar da crise.

-- Continuar depois da publicidade --

Todos os cães possuem essas crises?

Primeiramente, você deve saber que é completamente normal que os cães em algum momento da vida tenham uma crise como essa.

Isso ocorre quando o pet é exporto a ambientes diferentes, com cheiros estranhos ou com acumulo de poeira.

Contudo, caso isso se torne algo frequente, o tutor deve levar o cachorro no veterinário para uma avaliação.

Entretanto, algumas raças costumam apresentar esses sintomas mais do que outras, uma vez que, raças com o focinho achatado devido a alterações anatômicas.

Leia também: Saúde do cão: 4 sinais que seu cachorro pode estar doente; aprenda hoje

blank
Descubra como ajudar os cães em uma crise (Fonte: Freepik)

Como ajudar os cães que possuem crise de espirro reverso?

O tutor deve estar sempre atento aos sintomas que o seu pet apresenta, assim, garantindo que o animal possua uma vida saudável.

Contudo, quando perceber que o seu pet está tendo uma crise, mantenha a calma.

Visto que, se o cachorro perceber que o tutor está preocupado ou nervoso, ele pode ficar ansioso e piorar a sua crise.

Além disso, o tutor também deve massagear a garganta do pet com a mão leve e constantemente.

O tutor também precisa tapar levemente o focinho do animal, evitando a entrada de mais ar.

Assim, ajudando o pet a deglutir e se livrar da crise chata que deixa os cãezinhos tão incomodados.

Além disso, leve o seu cão ao veterinário para um avaliação de possíveis problemas, dessa forma, o seu pet não corre risco de sofrer com essas crises.

Veja também: Por que cachorro não pode comer chocolate; entenda agora

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...