Conheça o Gato Sokoke, apelidado de gato árvore; saiba o por quê

O gato vive no Quênia, na natureza, e é facilmente encontrado, mas ainda é raro em outros países.

-- Continuar depois da publicidade --

O gato Sokoke (Shorthair Africano ou gato da floresta de Sokoke) é uma espécie rara, mas doméstica. Essa raça viveu muito tempo com tribos africanas, contudo somente em 1970  foi reconhecido pelas autoridades no assunto. Conheça mais sobre este exótico felino, hoje, 03/01, no Folha Go. 

Saiba mais em: Gato Escama De Tartaruga: Aprenda Algumas Curiosidades Sobre Esses Felinos

-- Continuar depois da publicidade --

O Gato Sokoke

O nome atual vem da Floresta Nacional de Arabuko Sokoke, no Quênia, onde seria sua possível origem. Lá era chamado inicialmente pelas tribos da região de Khadzonzos, que significa “casca”. Isso porque sua pelagem lembra o padrão de uma casca de árvore. 

A apresentação dessa raça ao mundo só aconteceu no começo da década de 1970 | Créditos da imagem: Mundo dos gatos

A apresentação dessa raça ao mundo só aconteceu no começo da década de 1970.  Naquela época, Jeni Slater, uma inglesa que morava no Quênia, adotou uma fêmea. Jeni levou consigo alguns gatos para Dinamarca e os apresentou a outros criadores e entidades felinas. Pouco depois levou outros exemplares para a Europa, iniciando o programa de reprodução do gato Sokoke fora do seu ambiente natural. 

Leia mais: Gato vira-lata: conheça mais sobre esses felinos

Apesar de sua aparência selvagem que lembra outros felinos como a chita ou uma jaguatirica, o Sokoke é um gato doméstico. Esse felino já tinha sido domesticado por tribos quenianas, juntamente com outras raças.

O gato Sokoke é uma espécie rara. Ademais, esse animal não é muito encontrado fora do Quênia. Lá, pode ser visto circulando pelas ruas, principalmente no leste do país. 

Características

-- Continuar depois da publicidade --

Gato sokoke
É um gato de pernas longas, pelo curto e grosso | Créditos da Imagem: Metro Latam

É um gato de pernas longas, pelo curto e grosso, geralmente malhado. A população que vive nas florestas tende a apresentar uma pelagem única, em tons marrons com manchas mais claras, por exemplo. As cores são um padrão compartilhado por outras espécies por ser uma forma natural de camuflagem.

Leia mais: Será que os gatos gostam de comedouros duplos? Saiba agora

Os exemplares que vivem em meio urbano são um pouco diferentes. Por isso, podem apresentar outros padrões de pelagem, por conta de cruzamento com outros gatos não nativos. Dessa forma é possível evidenciar uma ampla variedade de cores, como manchas brancas e/ou pretas.

Os Sokokes são de tamanho médio, com peso que varia de 3 a 5 quilos. Esse felino tem o corpo alargado, com porte elegante e bem desenvolvido. Ademais, a musculatura rígida o torna um gato forte e ágil. 

A cabeça tem um formato arredondado, com olhos médios de cor marrom. A raça possui orelhas pequenas ou médias, mas sempre erguidas para parecer que estão sempre em alerta. Não é uma regra, porém pode apresentar pelos extras nas orelhas.

Temperamento

Ao contrário do que se imagina, o gato Sokoke não é arisco e não foge do contato com humanos. Mesmo com seu passado selvagem, esse felino se mostrou uma raça amigável. No entanto, eles têm muita energia para gastar. Por isso, além da atenção e mimos, os tutores também precisam separar um tempo para brincar com o bichano. 

Se o espaço for grande consegue viver bem com outros gatos e animais. Dessa forma, também se dão bem com crianças e idosos. 

Leia mais: Porque gatos jogam ração para fora do pratinho: entenda o motivo

Por fim, gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...