Looks like you have blocked notifications!

Grupo de orcas com filhotes é resgatado no Sul de Ilhabela

Um dos animais estava ferido por possível choque com redes ou embarcação

-- Continuar depois da publicidade --

Um grupo de orcas com filhotes passou por uma situação difícil em Ilhabela, litoral Norte de São Paulo. Elas foram resgatadas por profissionais do Instituto Argonauta, que faz monitoramento na região. Uma delas estava ferida por choque com redes ou embarcações. Hoje, 10/01, o Folha Go traz essa história sobre orcas na Coluna Pets.

Leia ainda: Dia de Reis, conheça a participação dos camelos na história de Jesus

-- Continuar depois da publicidade --

Grupo de orcas com filhotes é resgatado no Sul de Ilhabela
Orcas andam em grupos para caçar e se defender (Crédito InfoEscola)

Entretanto, se você pensa que a orca é uma “baleia assassina” leia a matéria até o fim e descubra que, além de não ser baleia, ela não tem esse instinto cruel dado pelo homem.

Orcas com filhotes em aventura

Antes de falar do sufoco passado pelas orcas no litoral brasileiro, é bom destacar que essa espécie não é baleia, como muitos pensam, mas trata-se do mesmo nicho dos golfinhos. Assim, não repita aquela história de “orca, baleia assassina”.

Aliás, essa fama também é injusta. Pois as orcas sofrem com a falta de alimentos e, em algumas ocasiões, comem espécies maiores, como tartarugas e polvos, assim receberam essa denominação. Na verdade, é apenas uma questão de cadeia alimentar e sobrevivência.

Agora, sobre o fato ocorrido no Brasil, o grupo de orcas continha dois filhotes e foi avistado na última semana. Um deles estava ferido, mas não impediu que os demais ainda dessem um show de acrobacias para os funcionários do instituto.

De acordo com os socorristas, as orcas estavam na região se alimentando. Os dois filhotes comiam uma raia borboleta. Além disso, um dos animais adultos apresentava dois ferimentos: indicativo de colisão com embarcação ou com redes de pesca.

Elas foram monitoradas desde Ilha Grande, em Angra dos Reis-RJ, e foram até São Paulo.

Leia ainda: Você já ouviu falar do alma-de-gato? Conheça esse pássaro incrível

-- Continuar depois da publicidade --

Regras de preservação no mar

Para lidar com as orcas e outros animais aquáticos, há uma série de normas importantes para os marinheiros e mestres de embarcações. Como, por exemplo, ficar com o motor ligado a menos de 100 metros de qualquer desses animais é uma infração. A norma tem registro no Ibama para quando os animais estão na superfície.

O artigo também veda ainda a prática de mergulho ou natação, com ou sem auxílio de equipamentos, a uma distância inferior a 50 metros de baleia ou golfinho de qualquer espécie.

Grupo de orcas com filhotes é resgatado no Sul de Ilhabela
Orca não é uma espécie de baleia, como muitas pessoas pensam (Crédito InfoEscola)

Características das orcas

As orcas vivem em famílias e caçam em grupos. Além disso, essa espécie é uma das poucas na natureza que fica ao lado da mãe por toda a vida, mesmo após ter filhotes. Assim, várias famílias se reúnem e a matriarca mais velha dita as normas do grupo.

As orcas comem de tudo. Eles apreciam invertebrados, como lulas e polvos, e até grandes vertebrados, como tartarugas e baleias.

Ademais, elas pesam até 6 toneladas e crescem até 9 metros de comprimento. A maior já encontrada na natureza ficou próxima dos 10 metros. Além disso, as orcas possuem coloração preto e branca.

Leia ainda:  Furão de estimação tem curiosidades incríveis para quem pretende criar pet

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...