Vai viajar de carro com o pet? Veja dicas para uma viagem segura

Transporte de animais exige alguns cuidados dos donos

Anúncio


Você quer viajar de carro com o pet e não sabe o que fazer? Hoje, 25/11, o Folha GO  apresenta algumas dicas nesta matéria da coluna Pets sobre os itens que não podem faltar para proteção do animal de estimação. Desse modo, para fazer uma viagem tranquila com o seu animalzinho, siga sempre as dicas e recomendações para evitar acidentes e não desrespeitar o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Continua depois da publicidade

Leia ainda: Veja brincadeiras animadas para dar boas risadas com seu pet

Vai viajar de carro com o pet? Veja dicas para uma viagem segura
A segurança é primordial para transportar os animais nos carros (Crédito Bing)

Para saber mais do transporte de pets com segurança, acompanhe a matéria até o fim. Pois, assim também, você verá como realizar viagens com animais em ônibus e as leis exigidas para os cães que saiam de carro com as famílias.

Continua depois da publicidade

Dicas para antes da viagem com seu animal de estimação

Antes de embarcar na aventura com seu pet, tenha em mente alguns detalhes importantes para uma viagem sem surpresas desagradáveis. Reserve tempo para habituar seu pet com o percurso da viagem

Continua depois da publicidade

1. Treine seu animal

O ideal é que o acomode no carro dentro da caixa transportadora. Dê voltas curtas e despretensiosas, e então retorne para casa. Recompense-o ao final com guloseimas e carinho.  Essa estratégia desvincula suas idas somente ao veterinário, por exemplo.

2. Alimentação

Lembre-se de hidratá-lo bem na véspera da viagem. Alimente seu animal 2 horas antes da partida, assim ele corre menos risco de enjoar durante o passeio.

3. Brinquedos

Leve os brinquedos favoritos para ele se distrair e aliviar o estresse. Atitudes como essa podem facilitar o bom comportamento.

Viajar com pets
Dicas para viajar com pets (Imagem: Site Viajadora)

Saiba como fazer para viajar de carro com o pet

Os cachorros podem viajar de carro, desde que algumas regras sejam cumpridas. Dessa maneira, cães não podem ir na parte externa do veículo, com a cabeça na janela e nem na traseira de caminhonetes.

Além disso, o animalzinho não pode ficar solto no carro e, da mesma forma, é proibido viajar no colo ou no meio das pernas do dono.

Para transportar cachorros de pequeno porte (até 10 kg) em carros, as opções são a caixa de transporte e a cadeirinha para pet. Por outro lado, os cachorros de médio e grande porte (acima de 10 kg), além das opções disponíveis, devem usar cinto de segurança.

O pet pode se comportar melhor na viagem com uma boa dica: dar alguns passeios mais curtos no veículo antes. Por isso, acostume seu bichinho de estimação aos poucos.

E para viajar com o seu pet de ônibus?

em família. Afinal, eles fazem parte delas. Por isso, existem leis específicas para quem decide transportar seu pet em ônibus ou avião. Desse modo, passageiros e bichinhos têm conforto garantido.

Leia ainda: Transporte para bicharada em aplicativos

 

Cães e gatos, mais comuns nesse tipo de transporte, devem conter nome e telefone na coleira, para evitar imprevistos. Ademais, os documentos de vacinação devem estar em dia.

Ainda assim, as viagens rodoviárias só ocorrem com a apresentação de uma GTA (Guia de Trânsito Animal) e um atestado recente (até 15 dias) que comprove as boas condições de saúde do animal. Caixas de transporte também são essenciais e há limite de dois pets por ônibus.

Avião: como fazer para viajar com seu pet?

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) exige que o dono reserve a passagem do seu pet com antecedência. Pois certas raças não são levadas pelas companhias por questões de segurança. É preciso consultar.

Vai viajar de carro com o pet? Veja dicas para uma viagem segura
Acerte todos os detalhes para viajar tranquilo com o seu pet (Crédito Bing)
As regras valem para viagens nacionais e internacionais. O dono ainda deve apresentar carteira de vacinação e um atestado de saúde animal. As viagens internacionais têm o acréscimo de uma consulta com um veterinário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Além disso, o dono precisa obter informações sobre as regras federais do país de destino para viajar com o pet e evitar qualquer problema na hora do desembarque. O embarque é feito em caixas especiais e os animais ficam em um local especial durante o voo.

Leia ainda: Adestrador de cães: saiba a importância desse profissional para educar seu pet

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies