São Paulo x Botafogo-RJ, tricolor vence de goleada e se isola na liderança do Brasileiro, confira os gols

O São Paulo se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro, ao vencer, nesta quarta-feira, no Morumbi, o Botafogo por 4 a 0.

O São Paulo venceu o Botafogo, em jogo atrasado pela 18ª rodada, realizado nesta quarta-feira, 09, no estádio Morumbi, em São Paulo, disparando na liderança do Campeonato Brasileiro

A vitória coloca o time isolado, no topo da tabela com 50 pontos, abrindo agora sete pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Atlético MG.

Além da liderança, o São Paulo conquistou também o título simbólico do primeiro turno do Brasileirão.

São Paulo x Botafogo: tricolor vence de goleada, pelo placar de 4 x 0

Vitoria do São Paulo x Botafogo.

De goleada, o Tricolor paulista venceu o Botafogo por 4 a 0, com gols de 2 gols de Brenner , 1 de Reinaldo e com Hernanes fechando o placar.

A equipe de paulista soma agora 17 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro, além de também seguir invicta como mandante.

No oposto, o Botafogo, com a derrota, aumenta sua sequência sem vencer para  nove rodadas, sendo as seis últimas com derrotas, somando 20 pontos e na 19ª posição na classificação.

Logo no início, o São Paulo já mostrou porque e líder

No primeiro tempo ficou no controle do jogo desde os primeiros toques na bola, chegando na área do time carioca, com perigo, logo aos dois minutos, com boa defesa de Diego Cavalieri, que teve excelente atuação na partida.

Porém, apesar da eficiência de Cavalieri, não possível parar  Brenner, com o artilheiro marcando o primeiro gol para o tricolor aos nove minutos.

Gabriel Sara se esforçou atrás de uma bola quase saindo pela linha de fundo, e conseguiu fazer um cruzamento,  Brenner, fatal, cabeceou e abriu o placar para o São Paulo.

O atacante ainda quase fez seu segundo aos 15, quando Cavalieri defendeu a cabeçada de Arboleda, na sobra pela esquerda,  Brenner acertou uma bomba, que explodiu contra a trave.

Inspirado, Brenner marcou de novo aos 26 minutos, depois do passe de Luciano, carregando a bola até a grande área e batendo forte, desta vez, sem chance de defesa para o goleiro do Botafogo.

Tentando manter-se no jogo, o Botafogo acabou praticamente se perdendo em campo, quando aos 33, Marcelo Benevenuto foi expulso por uma falta dura em Luan, depois da revisão do VAR.

Cavalieri ainda teria que trabalhar muito, aos  40, Tchê Tchê arriscou chute de longe, e novamente o guarda-metas do Botafogo fez ótima defesa.

Pênalti para o São Paulo após revisão do VAR

Aos 44, um chute chute de Igor Gomes, tinha endereço certo, mas a bola bateu no braço do jogador Forster, que descolou o braço do corpo, levemente, mas como a regra é clara, após revisão  do VAR, o juiz marca o pênalti para o São Paulo.

Reinaldo cobra como jogo já nos 47, fazendo o terceiro do Tricolor, fechando a etapa inicial com o placar de 3 para o São Paulo, e o Botafogo beirando a apatia total.

Segundo tempo: Hernanes fecha o placar de 4 x 0

O São Paulo voltou dos vestiários se mantendo no domínio do jogo, com o time carioca abatido, o tricolor diminuiu o ritmo do primeiro tempo.

Mesmo com o jogo vencido, o time de Fernando Diniz mas não deixou de levar mais perigo a zaga rubro-negra, dando mais serviço a Diego Cavalieri.

O Botafogo, com 10 em campo, ainda tentou reação, se arriscando em alguns contra-ataques, mas faltou qualidade na criação, sem conclusão nas jogadas.

O São Paulo continuou perigoso, aos 23, Vitor Bueno quase marcou o quarto, de fora da área,num chute que acertou a trave. 

Aos 33, outra bola na trave, Luciano, após cruzamento de Vitor Bueno, por pouco centímetros não marca o dele.

Mas não demorou o São Paulo fazer o quarto, e quem deixou sua marca, com um golaço foi Hernanes, com chute de fora da área,  aos 44, fechando o placar com a goleada de 4 x 0 para o Tricolor.

O São Paulo volta as gramados neste domingo, 13, quando, às 18h15, faz o clássico contra o Corinthians, na Neo Química Arena.

O Botafogo cumpre seu compromisso fora de casa, em Porto Alegre no sábado, às 19h, no Beira Rio, contra o Internacional

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...