Aviação: Avião MC-21-310, concorrentes do Boing 737 da Rússia surge com motor PD14

“Airbus russo” MC-21 volta para teste de voo

Leitores do Folha Go, nessa segunda-feira (16), vamos abordar um tema relacionado a novidade aeronáutica. De acordo com o ministro russo do comércio e de Industria, Denis Manturov, os primeiros jatos Irkut MC 21-300, fabricado na Rússia.

O ministro não divulgou uma data específica em que o jato chega ao mercado no próximo ano. Em uma entrevista a agência russa Izvestia Manturov disse: “ Perdemos vários meses, mas agora esperamos que a entrega das aeronaves aos primeiros clientes ocorra até o final de 2021”.

A versão MC-21-300 lançada em 2016, foi projetada para ser entrega aos clientes em 2018. No entanto, as sanções subsequentes e a paralisação das entregas de peças e subsistemas atrasaram o programa em mais de 2 anos. Podendo assim, levar de 1 a 2 anos após o MC-21-310 passar pelo primeiro voo, para que o jato possa ser entregue aos clientes em potencial. Já foram encomendadas cerca de 76 aeronaves, por companhias aéreas da Rússia e de países da CEI.

Veja também: Xiaomi Dá 90% De Desconto No Brasil, “Operação Mascote Mi Bunny”, Entenda

 Avião M-21-300/Reprodução defpost
Avião M-21-300/Reprodução defpost

MC-21-300 ou MC- 21- 310: A nova certificação

A versão MC-21-300 nem foi lançado e já passa por modificações, o que requer novos teste de voo e certificação adicional. Nascendo então o novo modelo MC- 21- 310. Fugindo do regime de sanções dos Estados Unidos, a Irkut Corporation da Rússia concluiu a construção de um protótipo MC-21-310 para voo com motores PD-14 feitos no país.

Os motores domésticos substituirão os motores Pratt & Whitney cujo fornecimento foi interrompido pela administração Trump invocando sanções contra entidades de defesa russas. A diferença do MC-21-310 de seus irmãos, é que ele é o primeiro protótipo a ser testado com motores russos.

Confira essa: China lança primeiro satélite 6G, entenda mais sobre a tecnologia

Os protótipos MC-21-300 e anteriores foram equipados com produtos Pratt & Whitney. Enquanto, a versão MC- 21- 310 será equipada com motor PD-14 desenvolvido pela Perm Motors certificado em 2018, algo que exige uma alteração no sistema e na estrutura de fixação do motor na asa.

No dia 6 de novembro, a aeronave foi transferida da oficina de montagem final para a divisão de teste de voo da Irkutsk Aviation Plant de propriedade da Irkut Corporation, que faz parte da United Aircraft Corporation (UAC).

Na preparação para o primeiro voo, especialistas irão verificar os sistemas da aeronave, planejar o acionamento do motor em solo, testar a aeronave e os motores enquanto se movem pelo campo de aviação em várias velocidades, conforme anunciou a UAC na terça-feira.

 Avião M-21-300/Reprodução Artyon Kashirin/ revista de aviação civil
Avião M-21-300/Reprodução Artyon Kashirin/ revista de aviação civil

Leia mais: Está na hora de trocar o meu Smartphone? Saiba como responder à pergunta

A conquista orgulhosa da Irkut Corporation

A edição padrão MC-21-300, que tem um alcance de até 6.000 km (3.200 NM) e pode acomodar 211 passageiros a bordo. Disse Anatoly Serdyukov, diretor industrial do cluster de aviação Rostec.  “Apenas alguns países no mundo são capazes de criar equipamentos de aviação desse nível.

Os próximos testes do MC-21 com motores domésticos são um marco para a indústria, uma confirmação clara de que a indústria doméstica de aeronaves civis tem futuro”. O PD-14 será o primeiro motor turbofan totalmente russo para a aviação civil desde os anos 1980. O que você acha das mudanças do MC-21? Deixe-nos saber sua perspectiva sobre o avião na seção de comentário.

Comments
Loading...