Xiaomi: smartphone com tela em cascata chama atenção em apresentação de protótipo

Um novo smartphone que a Xiaomi está produzindo deu o que falar em demonstração de protótipo

A Xiaomi anunciou na última semana um celular cuja tela ocupa todas as bordas. Apresentado como uma “tela em cascata quádrupla”, essa ideia seria de concentrar na tela do aparelho 88 graus de curvatura nas partes de cima e de baixo, além da lateral. O protótipo também não possui entradas para conexões, botões físicos e ainda possui uma câmera abaixo da tela. Acompanhe como estão os detalhes desse novo aparelho nesta terça-feira, 9 de fevereiro.

A proposta da Xiaomi vai além das ideias por trás do smartphone de demonstração chamado de Vivo Apex 2020 anunciado em fevereiro. Isso ocorre porque a curvatura da tela do protótipo mostrada na última semana também atinge as bordas superior e inferior, não apenas as de praxe que ficam localizadas nas laterais.

Leia também: Samsung lança novos aparelhos da família M: Galaxy M12 e Galaxy M02, confira o que há de novo nos dispositivos

Essa tal nova tela da Xiaomi é a 88º arqueada nos quatro lados. De acordo com os fabricantes de telefones celulares Mi, Redmi e Poco, a produção de vidros para essas telas deve usar uma temperatura acima de 600 graus Celsius, quatro ferramentas de polimento diferentes e mais de uma dezena de procedimentos complexos de polimento para que se possa chegar nessa específica curvatura.

A ideia da empresa chinesa Xiaomi também abandonou as tanto usadas em todos os smartphones, as entradas. O que foi dito por eles é o seguinte: “Com 46 tecnologias autodesenvolvidas patenteadas, portas e botões físicos podem replicar suas funções com alternativas mais elegantes.” O protótipo tem eSIM, carregamento sem fio, sensores de toque sensíveis à pressão e sua única câmera frontal fica em baixo da tela. Não há previsão de lançamento de celulares com essa tecnologia.

Mi Air Charge novo desenvolvimento em carregamento sem fio da Xiaomi

Os fabricantes de telefones celulares Mi, Redmi e Poco lançaram outra inovação há pouco tempo atrás. O que seria o Mi Air Charge (carregador sem fio da Xiaomi). Espera-se que essa tecnologia carregue a bateria do smartphone remotamente, sem colocá-lo em uma base típica de carregamento sem fio. Basta entrar em um lugar utilizando um hub que será fornecido no celular e aguardar a recuperação da energia.

A empresa disse que, para funcionar corretamente, a solução depende de um hub que pode carregar “vários metros” em um raio de 5 watts quando ativo. Além disso, o sistema suporta “vários dispositivos” e não teria as chatas obstruções que outros dispositivos e corpos fazem no processo de carregamento.

Fique por dentro: NASA: missões tripuladas podem ser realizadas por volta de 2030

Até o momento, a Xiaomi, embora tenha trazido todas essas informações sobre o novo protótipo, infelizmente acabou não dando mais detalhes sobre algum tipo de previsão de lançamento dessa nova tecnologia chamada de Mi Air Charge para os consumidores.

Mas não deve demorar para que isso possa chegar ao mercado, devemos esperar que um belo trabalho pode estar pintando por ai, e isso deve afetar mais uma vez a indústria, pois outras marcas podem também tentar reproduzir essa tecnologia. Referindo às marcas famosas Samsung, Apple, LG, e entre outras mais, assim, a Xiaomi deve tentar se antecipar e pode tirar do forno essa ideia em pouco tempo, esperamos por novidades sobre a (ainda em desenvolvimento) nova tecnologia chinesa.

Não perca essa: Smartphone: iPhone 12 mini no fim e Mi 11 mais barato que rivais

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...