Exchanges na Rússia Terá Destino em 2022

As discussões sobre o futuro das Exchanges na Rússia devem ser concluídas em 2022, indicou um representante de alto escalão do órgão de fiscalização financeiro do país. Seguindo os padrões internacionais, as autoridades em Moscou teriam que regulamentar ou proibir tais plataformas.

0

Hoje, (7) de dezembro de 2021, a Folha Go traz para você novidades que cercam o universo das criptomoedas, dessa vez as exchanges é o assunto principal.

O Diretor Adjunto do Serviço Federal de Monitoramento Financeiro da Rússia (Rosfinmonitoring) Herman Neglyad, declarou que tratamento regulatório das exchanges que trabalham com criptomoedas na Rússia devem terminar em 2022.

Na Conferência Jurídica Bancária deste ano, o funcionário observou que, à luz dos esforços para gerenciar os riscos associados à lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo sob a avaliação de risco nacional adotada em 2018.

Sendo assim, a Rússia reconhece que os ativos como criptomoedas são um fator de alto risco para o setor financeiro do país.

Neglyad também enfatizou que a discussão deve ser concluída em 2022 e de acordo com os padrões da GAFI (Força-Tarefa de Ação Financeira).

Saiba mais: Operações com criptomoedas serão habilitadas pelo Mercado Pago
Proibição ou Regulamentação das Exchanges
imagem usada para ilustrar proibição de exchanges e criptomoeda

O executivo da Rosfinmonitoring explicou ainda que, para o GAFI, é necessário regulamentar os pontos de entrada no sistema financeiro oficial, as exchanges, nesse caso.

A organização, que ele elaborou, oferece ao país duas alternativas de abordagem — ou a legalização das exchanges, por meio do registro como sujeitos das leis de combate à lavagem de dinheiro, ou a proibição de suas atividades.

“Ambas as opções têm o direito de existir. Existem diferentes pontos de vista”, comentou Herman Neglyad.

Ao mesmo tempo, ele insistiu que o debate deve acabar eventualmente.

Veja também: Criptomoedas: Como ganhar dinheiro no mundo dos criptos
Criptomoedas: Substituto de Dinheiro
imagem usada para comparar criptomoedas e euro

A Rússia regulamentou de maneira parcial as criptomoedas e algumas atividades relacionadas, por meio da lei “Sobre Ativos Financeiros Digitais”. Assim, a lei entrou em vigor em janeiro deste ano.

No entanto, aspectos importantes, como o status da mineração de criptografia, questões tributárias, comércio de criptomoedas e o uso de moedas digitais em pagamentos, precisam de regulamentação adicional por meio da adoção de nova legislação.

Entretanto, o banco da Rússia, continua categoricamente contra a permissão de pagamentos de bitcoin.

De acordo com o regulador financeiro as moedas descentralizadas representam “substitutos de dinheiro“, proibidos pela lei russa.

O país também está trabalhando com bancos privados para desenvolver e emitir uma versão digital do decreto nacional, o rublo.

Você espera que a Rússia proíba as exchanges? Compartilhe sua opinião nos comentários

Você pode gostar: NFT: Adidas também entra no mercado do Metaverso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.