XTZ: Algo que pode explicar a última alta

0

XTZ é uma dessas moedas que passam muita credibilidade, tanto para seus investidores quanto para diferentes setores do mercado. E isso é o que pode explicar os movimentos de alta que o token vêm fazendo.

Antes de mais nada, essa notícia está sendo publicada exclusivamente aqui na Folha Go, que é onde o investidor lucrativo se informa.

Tezos é um token de um protocolo de contratos inteligentes de primeira camada. Mas o que realmente o fez valorizar tanto no último dia 07/12 pode ter sido o fato de que a Ubisoft anunciou que seus mais novo jogo está sendo construído em sua blockchain.

As notícias ligadas ao consumo energético para a mineiração de criptomoedas mostraram o impacto ambiental que muitos tokens podem causar no planeta em uma questão de curto prazo. E um dos aspectos que fez a empresa de jogos escolher a plataforma Tezos é por ser um token sustentável.

Outro fator que pode ter influenciado é a questão geográfica, ainda que isso não seja algo que possa interromper qualquer network entre empresas de um país e blockchains de outro nos dias de hoje. Mas é que os desenvolvedores da Tezos são, em sua maioria, de origem europeia e fala francês, bem como da Ubisoft.
O mercado caiu e XTZ voou
Desde que todas as moedas perderam sua força compradora após a queda do Bitcoin no dia 04/12, XTZ chegou a bater uma mínima de $ 3,23 . Mas com esse anúncio da Ubisoft e alguns outros fatores, a moeda quase chegou na valorização de 70%. Mas precisamente, foram 68% de valorização, atingindo o preço de $ 5,45.

Esses outros fatores são justamente o que fizeram com que a Ubisoft escolhesse Tezos como a plataforma onde alocariam seu mais novo jogo inédito dentro do universo de NFTs, Tom Clancy’s Ghost Recon Breakpont: seu projeto de ser um token sustentável, “amigo” do meio ambiente.

O que nem todos entendem é o impacto que isso causa dentro do mercado de NFTs como um todo: a Ubisoft é o primeiro jogo dessa gigante da indústria de entretenimento dentro do mercado de NFTs.

Isso não só levará muita atenção para o ativo, como também fará com que o número de transações dentro da rede passe a aumentar bastante de agora em diante.
XTZ é “lua” em 2022?
“Lua” é uma abreviação da expressão “vai para a lua” que, em suma, significa que o preço de um ativo vai até a lua, ou seja, vai ter valorizações estratosféricas. Só que ainda não é possível afirmar algo assim de antemão. É preciso esperar e acompanhar o mercado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.