Bitcoin cai 8% em menos de 24 horas: confira os motivos

Créditos de imagem unsplash
0

Neste sábado (27), o FolhaGo fala sobre a queda do Bitcoin que fez o mercado amanhecer negativo na sexta-feira. O criptoativo voltou a ser negociado em US$ 54 mil dólares, o preço caiu depois que surgiram notícias sobre novas variantes da COVID. E se as notícias não estavam tão favoráveis para o BTC, isso também não ajuda muito.

Desse modo, os investidores que tentaram elevar o preço do bitcoin desta vez não conseguiram romper a resistência em torno de US$ 60 mil. Contudo, para alguns, esta queda pode ser uma oportunidade. O que estão chamando de Black Friday do bitcoin” é responsável por mais de 20% de queda desde o valor máximo em torno de US$ 69 mil.

Bitcoin cai 8% em menos de 24 horas: confira os motivos Créditos de imagem pexels

Mas por que o mercado se comportou dessa maneira? Bem, esta é uma resposta à insegurança dos investidores. Como criptomoedas são investimentos voláteis, para quem varia a sua carteira, esses ativos são ‘dispensáveis’. Assim, os ativos voláteis são substituídos por outros mais seguros e estáveis.
Notícias sobre o bitcoin
De ontem para hoje o bitcoin já teve mais de U$ 200 milhões de venda em um intervalo de 12 horas. Em um momento em que o bitcoin parecia estar se estabilizando, esta notícia chegou e afastou inúmeros investidores. A moeda já não estava com muita força de compra nos últimos dias, mas após esta queda, a pouca esperança de uma recuperação da moeda, se afastou.
Da Pirâmide À Tumba: “Faraó Dos Bitcoins”…
Portanto, se nos últimos registros de queda, algumas moedas seguiam uma direção oposta à do Bitcoin, desta vez foi diferente. Nem mesmo projetos como MANA, que nos últimos dias operou em uma incrível alta, escapou dessa força de venda. Assim, o cenário atual do mercado é de poucas moedas que ainda não caíram.

A incerteza em relação à nova variante, denominada “B.1.1.529” reforçou o impacto do anúncio de Joe Biden. O presidente dos EUA pretende arrecadar cerca de US$ 550 bilhões de dólares para custear uma proposta trilionária no país. O lado negativo é que esse valor será arrecadado de taxações sobre criptoativos.

Bitcoin cai 8% em menos de 24 horas: confira os motivos Créditos de imagem pexels

Não podemos esquecer que nos últimos dias a China se pronunciou novamente contra o Bitcoin. A pauta abordou a quantidade de carbono emitido, e o governo afirmou o seu confronto ao criptoativo.

Este mesmo movimento de liquidação ocorreu quando as primeiras notícias sobre a pandemia ao redor do mundo se tornaram realidade. Por outro lado, isso pode ser visto como uma oportunidade de entrada para alguns investidores. Afinal, 2020 mostrou que por mais que o BTC caia, uma hora ele se recupera.
Da Pirâmide À Tumba: “Faraó Dos Bitcoins”…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.