Criptomoedas: Mercado atinge mais de US$ 3 trilhões

Créditos de imagem unsplash
0

Hoje segunda-feira (29) de novembro, o FolhaGO vai falar da dimenção do mercado de criptomoedas, então vamos conferir os detalhes. A três semanas, o mercado de criptomoedas atingiu a marca histórica de US$ 3 trilhões em capitalização. Nos anos de 2020 e 2021, conforme as moedas se popularizaram, os criptoativos passaram por intensa valorização, tanto o bitcoin como as altcoins, moedas alternativas.

A informação é da plataforma de análise CoinGecko, que analisa cerca de 10 mil criptomoedas, de várias plataformas. No entanto, mesmo com o advento de outras diversas moedas que usam a tecnologia do blockchain, o Bitcoin e o Ethereum ainda são as mais influentes.

Mercado de criptomoedas atinge mais de US$ 3 trilhões
Créditos de imagem unsplash

Crescimento daos criptomoedas

Alguns especialistas acreditam que o grande crescimento recente do mercado está ligado à grandes empresas, que começaram a se interessar pelos criptoativos. Além disso, a popularização das criptomoedas e a inauguração dos ETFs nos Estados Unidos atraiu diversos investidores para esse mercado.

No Brasil, os investimentos em criptomoedas cresceram quase 1000%, somente em 2021. A porcentagem exata é de 938%, de acordo com a pesquisa feita pela Hashdex, gestora de criptomoedas brasileira, baseada nos dados da B3 (bolsa de valores do Brasil) e da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Joe Biden Pode Te Deixar Rico Com Bitcoin

Principais criptoativos

Segundo a CoinGecko, as principais criptomoedas, em termos de capitalização, são:Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Binance Coin (BNB), Tether (USDT), Solana (SOL), Cardano (ADA), XRP, Polkadot (DOT), Dogecoin (DOGE) e USD Coin (USDC).

O bitcoin atingiu sua máxima histórica no começo desta semana. A criptomoeda chegou à cotação de US$ 69 mil. Esse aumento vem acontecendo desde o mês de outubro e segue se consolidando em novembro. Além disso, especialistas preveem que o final do ano será produtivo para a moeda. Estimativas otimistas afirmam que o bitcoin pode chegar até os US$ 100 mil, no último mês deste ano.

Mercado de criptomoedas atinge mais de US$ 3 trilhões
Créditos de imagem unsplash

A principal criptomoeda do mercado com certeza teve um papel importante na marca histórica de US$ 3 trilhões. Uma vez que somente a rede da criptomoeda vale cerca de US$ 1,24 trilhão, ou 41,39% de todo o rendimento do mercado.

O ethereum também domina grande parte do mercado mundial de criptomoedas. Então segunda maior criptomoeda chegou ao seu recorde nesta segunda-feira, atingindo a cotação de US$ 4.782. O ethereum subiu cerca de 990%, desde o começo do ano.  

Assim como o bitcoin e o ethereum, outras criptomoedas também estão se destacando nos últimos tempos. É o caso da Solana. A moeda valorizou cerca de 14.030% no ano de 2021, sendo a 5° criptomoeda mais valiosa do mundo. Nesse sentido, a previsão é que a moeda continue crescendo.

Joe Biden Pode Te Deixar Rico Com Bitcoin

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.