Da pirâmide à tumba: “Faraó dos Bitcoins” responde a cerca de 300 processos

Créditos de imagem pixabay
0

Como está o “Faraó dos Bitcoins”? Depois que teve sua prisão preventiva decretada, muita coisa mudou. Nesta sexta-feira, (26) de novembro, o FolhaGO te mostra em detalhes como vai esse caso. De todo modo, é claro no título que o faraó já está com quase 300 processos para responder.

Glaidson de Acácio dos Santos foi preso em agosto deste ano após o seu esquema de pirâmide financeira ser descoberto. A empresa GAS Consultoria Bitcoin, situada em Cabo Frio – RJ, prometia retornos mensais de 10%, contudo, isso não passava de uma grande fachada. 

Da pirâmide à tumba: "Faraó dos Bitcoins" responde a cerca de 300 processos
Créditos de imagem pixabay

A empresa, que já operava há anos, pode ter movimentado valores próximos a R$ 40 bilhões, segundo a justiça. Entretanto, o que era apenas uma prisão preventiva, se tornou um caso de quase 300 processos. O “Faraó dos Bitcoins” foi apreendido no dia 25 de agosto enquanto se preparava para ir à Punta Cana, República Dominicana. 

Após as primeiras ações da justiça, a esposa de Glaidson ainda conseguiu sacar R$ 1 bilhão em Bitcoin. A venezuelana Mirelis Diaz Zerpa, ainda está foragida, além dela, outras cinco pessoas que acompanhavam o seu marido, conseguiram fugir. O destino era o Caribe, onde estariam se escondendo até agora. 

GAS Consultoria Bitcoin e o Novo Egito / Faraó dos bitcoins

Novo Egito, como ficou conhecida a cidade de Cabo Frio, serviu como sede para a GAS, empresa responsável por aplicar um golpe em milhares de pessoas. A pirâmide financeira, ou esquema Ponzi, existe há muito tempo, mas ainda faz vítimas. Assim, a primeira acusação contra a Consultora é de crime contra a economia popular

“Rainha Das Criptomoedas” Conheça A Sua Mansão De R$ 100 Milhões

Estima-se que no mínimo, mais de 60 mil famílias ao redor do Brasil foram envolvidas no esquema fraudulento de Glaidson. Portanto, do valor movido pela GAS, quase R$ 40 bilhões, só R$ 200 milhões foram apreendidos. A justiça ainda não pode mensurar o tamanho do prejuízo para todas as famílias. 

O que é uma pirâmide financeira? 

A pirâmide financeira não acontece apenas com Bitcoin, ela só precisa de um retorno lucrativo (o que normalmente é dinheiro), e pessoas dispostas. Assim, quem chega primeiro injeta um valor inicial e vai para o topo da pirâmide. Em seguida, é necessário chamar mais pessoas para participar do esquema. 

Da pirâmide à tumba: "Faraó dos Bitcoins" responde a cerca de 300 processos
Créditos de imagem pixabay

Quando novas pessoas colocam dinheiro nessa pirâmide, quem está no topo é pago com o valor de quem entrou, e ela sai do esquema. Basicamente funciona assim: quem entra por último fica na base da pirâmide, e o seu dinheiro é usado para pagar quem está no topo. 

E como isso acaba? Chega um momento em que a pirâmide é insustentável, a principal causa é a falta de novos membros. Sem ninguém para adicionar mais dinheiro, a pirâmide cai, quem estava no meio e no topo perde o dinheiro, e o dono do esquema some.

Os bitcoins são iscas, contudo, na maioria das vezes, o que realmente chama a atenção das pessoas, é a oportunidade de retorno rápido. Com isso, muitas pessoas continuam entrando em pirâmides financeiras, e perdendo dinheiro. Então antes de entrar em um esquema como este, lembre-se que a riqueza não se constrói da noite para o dia.

“Rainha Das Criptomoedas” Conheça A Sua Mansão De R$ 100 Milhões

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.