Veja as 4 dicas para morar junto sem passar perrengues financeiros

Um fato crucial no momento de unir-se a alguém é ter em mente as possibilidades financeiras e gastos que a vida de casal envolve

Algumas dicas para morar junto podem ser imprescindíveis para evitar problemas financeiros. Considerando a vida de casal como uma chance de também crescer juntos, as chances de obter sucesso e estabilidade financeira a dois são altíssimas. Nesta data (25/11), o Guia do Ex-Negativado pode te ajudar com as principais dicas financeiras.

4 dicas para morar junto sem passar perrengue

Se você está pensando em dividir espaço com alguém, é extremamente importante fazer um planejamento prévio e ter em mente estas dicas para morar junto. Afinal, caso aconteça algum problema, especialmente ligado a dinheiro, é fundamental que os dois se ajudem.

De acordo com um levantamento feito pelo SPC Brasil, em 2019, quase 50% dos casais entrevistados afirmaram que a maior parte de suas brigas aconteciam por questões financeiras.

Portanto, veja as nossas dicas para que esse tipo de problema não interfira no seu relacionamento.

1. Converse sobre dinheiro

Conversas sobre finanças é o primeiro passo para quem pretende morar junto. Para muitos casais, falar sobre dinheiro ainda é um tabu, especialmente quando um dos dois recebe mais do que o outro.

No entanto, tenha em mente que muitas pessoas brigam por causa de dinheiro, e não deveria ser assim. Morar junto, seja com amigos ou com o parceiro, significa que as duas partes passarão a se ajudar.

Dessa forma, sentem e decidam como as contas serão divididas, qual é o orçamento total, qual será o plano de vocês. Não deixe as questões financeiras de lado. Trate-as, portanto, com bastante seriedade e maturidade.

Veja também: Como guardar dinheiro semanalmente; veja as dicas financeiras

2. Priorize as despesas de acordo com as necessidades da casa

Dicas para morar junto
Dicas para morar junto – Imagem: Pixabay

Se você está pensando em morar junto com outra pessoa, tenha em mente que as despesas gerais da casa são prioridade. Dessa forma, imponha um limite em gastos alternativos para que as contas essenciais não sejam afetadas.

Estabelecer esse tipo de regra é muito importante, visto que qualquer um dos dois está sujeito a gastar com coisas desnecessárias e acaba deixando as contas para depois, especialmente no início dessa nova fase.

Lembre-se que quando você divide a casa ou apartamento com alguém, as despesas gerais não podem ficar por conta de apenas uma pessoa.

3. Centralize as contas em uma pessoa

Essa dica é válida, então, especialmente para quem pretende dividir a residência com amigos. Com esse tipo de organização, portanto, ficará mais fácil controlar as despesas gerais. Depois de fazer o pagamento, o responsável deve cobrar um valor fixo dos demais moradores.

4. Conheça bem a pessoa que vai morar junto com você

Antes de se mudar com alguém, verifique, portanto, se você realmente conhece a pessoa em questão. Conheça os hábitos dela e veja se está realmente disposto a tomar suas decisões junto a ela.

É importante, então, seguir essa dica para conseguir fazer os planejamentos adequados referentes à mudança. Pense emocionalmente, mas nunca deixe o financeiro de lado.

Clique no Banner e baixe GRÁTIS!

Aprenda a fazer fotos e edições profissionais usando o seu celular e comece
a faturar em dólares, trabalhando com os maiores bancos de imagens do
mundo. Baixe Grátis o e-book: Como Fazer da Fotografia com Celular um
Negócio Lucrativo.

Veja também: Como ficar rico sendo pobre? Veja hábitos em comum de quem chegou lá

Educação Financeira: COMO ECONOMIZAR GANHANDO 2 MIL REAIS?! (Dicas Vitais)

O Guia do Ex-Negativado não tem ligação com bancos ou qualquer outra instituição financeira do mercado. Nosso objetivo neste espaço é o de, unicamente, levar aos nossos leitores informações confiáveis no contexto da relação humana com o dinheiro e da cidadania. Em sendo assim, tópicos como finanças pessoais, oportunidades de mercado, direitos e deveres do consumidor estarão presentes permeando nosso conteúdo. Acreditamos que seja sim possível ajudar no processo de desenvolvimento da educação financeira, e, por conseguinte, na construção de um espírito crítico do cidadão. No entanto, vale também a ressalva, de que nada publicado neste Blog constitui em uma recomendação pessoal de investimento. Caberá, desse modo, a quem deseja investir, tomar suas próprias decisões em relação às estratégias financeiras a serem adotadas em sua vida pessoal e profissional. Dúvidas ou sugestões? Entre em contato conosco: E-mail: contato@guiadoexnegativado.com.br Telefone: (31) 3500-2894
Comentários
Loading...