Quanto rende 1.000 reais no Tesouro Direto em um ano? Saiba hoje

Confira uma simulação com três títulos do Tesouro

Definitivamente, investimentos são para qualquer pessoa. Com praticamente qualquer quantia, já é possível investir em um título de Renda Fixa, como CDBs, ou em títulos públicos. Hoje (22/10), o blog Guia do Ex-Negativado mostra quanto rende 1.000 reais no Tesouro Direto após um ano.

Tesouro Direto é um programa criado pelo Governo Federal, que visa angariar fundos para o Tesouro Nacional e, dessa forma, financiar programas e ações a nível federal.

No Tesouro Direto, qualquer cidadão com CPF regular junto à Receita Federal, e que tenha pelo menos 18 anos, pode investir valores a partir de R$ 31,06. Todo valor investido é emprestado para o governo, que lhe devolve com juros.

Quanto rende 1.000 reais no Tesouro Direto em um ano? Saiba hoje
Quanto rende 1.000 reais no Tesouro Direto em um ano? Saiba hoje (Foto: Canva Pro)

Como funciona o Tesouro Direto?

É possível investir em títulos públicos do Tesouro através da plataforma oficial ou por meio das mais variadas corretoras que possuem convênio com o programa do governo.

Há opções de títulos prefixados, de Renda Fixa, mas também a possibilidade de investir em títulos de Renda Variável, com base na taxa Selic ou no IPCA do momento.

As opções oferecidas pelo Tesouro Nacional possuem vencimento de médio ou longo prazo. Portanto, a rentabilidade de cada título varia.

Quanto rende R$ 1.000 reais no Tesouro Direto?

Confira abaixo o rendimento de algumas das principais opções de títulos do Tesouro Direto após um ano, de acordo com cálculos da calculadora de simulação do Tesouro:

Tesouro Prefixado 2024

Tem rendimento anual prefixado em 11,81%. Isso quer dizer que não sofrerá redução e nem aumento no valor final do rendimento.

Com R$ 1.000 investidos, após um ano, o valor bruto total do investimento será de R$ 1.118,10.

Após recolhimento de Imposto de Renda e taxa da B3, o valor líquido será de R$ 1.094,72.

Portanto, um rendimento de R$ 94,72 após um ano.

Tesouro Selic 2024

Nesse caso, há possibilidade de variação por meio da taxa básica de juros do país, a Selic, que atualmente está em 6,25%, mas pode aumentar ou cair ao longo do ano. Além disso, há também uma porcentagem fixa de 0,1214%.

A partir daí, com R$ 1.000 investidos, o valor bruto será de até R$ 1.062,79 após um ano, levando em consideração a Selic da forma como está em outubro de 2021.

Descontando I.R. e Taxa da B3, o valor líquido final é de R$ 1.051,81. Portanto, um rendimento esperado de R$ 51,81.

Tesouro IPCA 2026

Existe também um título atrelado à inflação do país, o chamado IPCA. O rendimento dessa opção do Tesouro Nacional é IPCA + 5,28% ao ano.

Com essas condições, o valor de R$ 1.000 após um ano nesse título terá valor bruto de R$ 1.097,33.

Com os descontos de I.R. e Taxa da B3, o valor líquido será de R$ 1.077.61. Então, um rendimento esperado de R$ 77,61.

Vale a pena resgatar o investimento após um ano?

O ideal em todos os títulos do Tesouro Direto é deixar o dinheiro render até a data de vencimento do título. Porém, é, sim, possível resgatar depois de 12 meses.

O Tesouro afirma que se compromete a pagar o valor de mercado caso opte pelo resgate antecipado.

Parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito e pagar boleto com PicPay; veja o passo a passo

Em dias de crise financeira, desemprego em alta e inflação galopante, os boletos do mês acabam sendo o terror de uma grande parte dos brasileiros. E uma suposta solução imediata que muita gente encontra para amenizar o problema, é parcelar o boleto no cartão. Nesse sentido, o popular Picpay ganha destaque. No vídeo de hoje, portanto, você fica sabendo como pagar boleto com cartão de crédito utilizando a carteira digital. Confira:
O Guia do Ex-Negativado não tem ligação com bancos ou qualquer outra instituição financeira do mercado. Nosso objetivo neste espaço é o de, unicamente, levar aos nossos leitores informações confiáveis no contexto da relação humana com o dinheiro e da cidadania. Em sendo assim, tópicos como finanças pessoais, oportunidades de mercado, direitos e deveres do consumidor estarão presentes permeando nosso conteúdo. Acreditamos que seja sim possível ajudar no processo de desenvolvimento da educação financeira, e, por conseguinte, na construção de um espírito crítico do cidadão. No entanto, vale também a ressalva, de que nada publicado neste Blog constitui em uma recomendação pessoal de investimento. Caberá, desse modo, a quem deseja investir, tomar suas próprias decisões em relação às estratégias financeiras a serem adotadas em sua vida pessoal e profissional. Dúvidas ou sugestões? Entre em contato conosco: E-mail: contato@guiadoexnegativado.com.br Telefone: (31) 3500-2894
Comentários
Loading...