Como não deixar que as finanças estraguem sua saúde física e emocional?

A saúde acaba sendo afetada quando a vida financeira não vai bem

Anúncio


Como não deixar que as finanças estraguem sua saúde? Em tempos de crise, cada dia mais pessoas estão passando por apuros financeiros, recorrendo a investimento e outros métodos para ganhar dinheiro. Porém, em muitos casos, a boa de neve acaba ficando maior. Nesta data (17/01), o Guia do Ex-Negativado apresenta dicas de especialistas para tentar contornar o problema.

Como não deixar que as finanças estraguem sua saúde

Em tempos de crise, muitas pessoas se perguntam: como não deixar que as finanças estraguem sua saúde? Afinal, em situações como essa, as chances de comprometer a saúde física e mental são grandes.

Para amenizar os problemas no orçamento, boa parte das pessoas recorrem a alternativas para ganhar dinheiro, como investimentos ou um novo negócio.

Porém, quando não é feito um bom planejamento, as chances de uma ideia legal funcionar são baixas.

Não deixar que as finanças estraguem sua saúde
Não deixar que as finanças estraguem sua saúde / Fonte: Canva Pro

Dinheiro e bem-estar

Mesmo que a maioria das pessoas pense o contrário, o dinheiro pode arruinar o bem-estar geral de um cidadão. Mesmo que essa afirmação seja pesada, ela não deixa de ser real.

Continua depois da publicidade

Os problemas relacionados à saúde financeira interferem diretamente no bem-estar de uma pessoa.

Continua depois da publicidade

Ou seja, em algumas situações, a falta de dinheiro pode causar problemas em diversas partes do corpo, como: gastrite, enxaqueca, insônia, entre outros.

Esses sintomas começam a partir do descontrole com suas finanças, principalmente quando existe preocupação em excesso. Além disso, quando os picos de estresse estão elevados, o quadro pode progredir para depressão e, em casos extremos, ao suicídio.

No entanto, existem algumas formas de não deixar com que o orçamento interfira em sua saúde mental ou física. E as melhores estratégias ainda perpassam pelo controle financeiro.

Aprendendo mais sobre educação financeira, fica mais fácil ter uma relação com o dinheiro. Logo, é possível dar a volta por cima.

É totalmente possível reverter uma situação difícil. Com foco, conhecimento (quem vem a partir da educação financeira) e disciplina, todo mundo pode conseguir se equilibrar.

Veja também: Entenda como ficarão as finanças de cada signo em 2022

Educação financeira é o melhor caminho

Nesse contexto, uma das principais dicas é aprender a poupar suas finanças. Sempre que possível, reserve uma parte de sua remuneração mensal.

A princípio, poupar parte do salário pode ser complicado, mas no fim, a ação valerá a pena.

Comece estabelecendo, portanto, um pequeno objetivo e, na sequência, progrida em pequenos passos até alcançar os resultados desejados.

A máxima aqui é: devagar e sempre. É preciso entender que cada pequeno progresso conta.

Evite o isolamento

Uma das piores coisas que uma pessoa pode fazer é, sem dúvidas, deixar de falar sobre sua situação financeira.

Portanto, converse com seus amigos, familiares ou um profissional, explicando a sua situação e pedindo ajuda.

Levar uma carga pesada sobre os ombros sozinho (a) pode ser muito difícil. Em sendo assim, o compartilhamento com pessoas de confiança sobre o que lhe aflige e entristece, pode ser de grande valia.

Nessa ação é possível, inclusive, encontrar bons conselhos e até ideias para conseguir contornar determinada circunstância.

Não se culpe

Em situações difíceis, a maioria das pessoas se culpam. Porém, o que aconteceu não tem mais volta. O passado já não existe, mas o futuro ainda pode ser escrito de uma maneira bem diferente.

Por mais ruim que pareça, nenhuma pessoa deve se sentir culpada pelo que aconteceu e carregar esse peso nas costas.

O importante mesmo é levantar a cabeça, arregaçar as mangas e fazer diferente. É preciso entender que o fracasso faz parte da vida.

Além disso, não faltam exemplos de pessoas que fracassaram e deram a volta por cima. E por que você acha que isso não pode acontecer com você?

Veja também: 4 investimentos a partir de R$ 100 que podem ajudar viver de renda

PLANILHA DE CONTROLE FINANCEIRO DOMÉSTICO GRÁTIS: passo a passo de como usar e SAIR DO SUFOCO

Você sabe quanto gasta por mês? Qual é o seu saldo mensal entre valores recebidos e valores gastos? Qual é a porcentagem que sobra do seu salário após os gastos do mês?

Pois é. Certamente, são poucas as pessoas que sabem como responder essas perguntas e todas elas utilizam algum tipo de planilha que auxilia no controle de gastos.

Trata-se de um documento que vai ajudar – e muito – a listar seus gastos e custos mensais, bem como auxiliará a organizar sua vida financeira.

É um instrumento ideal para ajudar, não só a economizar, mas também a ganhar dinheiro. Afinal, evitar gastos desnecessários também é uma forma de sair no lucro após um mês.

Uma planilha ajuda a controlar metas, reduzir custos, investir mais e entender detalhadamente o fluxo do seu dinheiro.

Pensando nisso, criamos uma planilha de controle financeiro simples, que vai te ajudar nas finanças pessoais. Acompanhe o vídeo e veja o passo a passo.

Carregando comentários aguarde...
...
...