Formada em Letras - Português/ Inglês, e idealizadora do site Escritora de Sucesso, busca expandir o conhecimento de t...

Viver na Argentina é mais barato que no Brasil? Entenda diferenças

Quem está planejando deixar o país de origem precisa ter em mente os gastos e custo de vida do novo lugar

0 456

Viver na Argentina é mais barato que no Brasil? Esse é um questionamento comum para quem está em busca de oportunidades em um país vizinho ao nosso. Nesta data (29/11), o Guia do Ex-Negativado apresenta detalhes sobre a Argentina e todos os gastos necessários para se viver lá.

Viver na Argentina é mais barato que no Brasil?

A verdade é que tudo vai depender da cidade em que você vive aqui no país. Afinal, em quase todos os lugares do mundo existe diferença entre os custos de vida na capital e no interior.

Buenos Aires

Por exemplo, morar em Buenos Aires pode custar, em média, 24% mais barato do que viver em São Paulo.

Dessa forma, dependendo da região em que você mora no Brasil, a mudança para o território argentino pode ser benéfica para o seu bolso.

Como já colocamos, o custo de vida nas regiões metropolitanas da Argentina é maior do que no interior. Com isso, se você pretende morar em Buenos Aires, saiba que irá gastar mais do que em outras localidades.

Veja também: Franquias de cafeteria: quanto custam Mais1 Café, Mr. Black e Havanna?

Córdoba

Viver na Argentina é mais barato que no Brasil
Viver na Argentina é mais barato que no Brasil – Imagem: Pixabay

Na capital da Argentina, o custo de vida é 20% maior do que em Córdoba, por exemplo. Inclusive, vale destacar que Córdoba nem se encontra entre os lugares mais baratos para se viver no país, visto que ela é a segunda maior cidade do território.

De acordo com o Instituto de Estatística da Argentina, no final de 2020, era considerado um cidadão pobre aquele que sobrevivia com menos de 16,7 mil pesos, o que vale em torno de R$ 930 no Brasil atualmente.

Esse levantamento considera as despesas de apenas um indivíduo com produtos básicos de alimentação e serviços essenciais como transporte.

Custo de vida médio

O custo de vida médio na Argentina para um morador solteiro, levando em conta transporte, moradia, lazer e alimentação, fica na faixa de 56 mil pesos, o que vale mais ou menos R$ 3 mil no nosso país.

No entanto, vale ressaltar que esses valores podem variar de acordo com a região. Em Córdoba, a média é de 45 mil pesos, e em Buenos Aires é de 62 mil pesos.

Fazer esse balanço, portanto, pode garantir a mudança para uma cidade com custo de vida baixo.

Clique no Banner e Baixe Grátis o Ebook!

Aprenda a fazer fotos e edições profissionais usando o seu celular e comece a faturar em dólares, trabalhando com os maiores bancos de imagens do mundo. Baixe Grátis o e-book: Como Fazer da Fotografia com Celular um Negócio Lucrativo.

Veja também: Qual o melhor lugar para um brasileiro morar nos EUA? Veja 5 opções

Educação Financeira: COMO ECONOMIZAR GANHANDO 2 MIL REAIS?! (Dicas Vitais)

O Guia do Ex-Negativado não tem ligação com bancos ou qualquer outra instituição financeira do mercado. Nosso objetivo neste espaço é o de, unicamente, levar aos nossos leitores informações confiáveis no contexto da relação humana com o dinheiro e da cidadania. Em sendo assim, tópicos como finanças pessoais, oportunidades de mercado, direitos e deveres do consumidor estarão presentes permeando nosso conteúdo. Acreditamos que seja sim possível ajudar no processo de desenvolvimento da educação financeira, e, por conseguinte, na construção de um espírito crítico do cidadão. No entanto, vale também a ressalva, de que nada publicado neste Blog constitui em uma recomendação pessoal de investimento. Caberá, desse modo, a quem deseja investir, tomar suas próprias decisões em relação às estratégias financeiras a serem adotadas em sua vida pessoal e profissional. Dúvidas ou sugestões? Entre em contato conosco: E-mail: contato@guiadoexnegativado.com.br Telefone: (31) 3500-2894
Comentários
Loading...