Investimentos de curto prazo: Saiba como funciona e as possibilidades

Investir é sempre a melhor forma de conquistar independência financeira. Veja as possibilidades disponíveis a curto prazo!

Anúncio


Quer saber como funcionam os investimentos de curto prazo? Normalmente, esse tipo de operação marca-se pela alta liquidez e rentabilidade. Além disso, essa aplicação precisa estar baseada em um planejamento pré-definido e alinhada ao perfil do investidor. Nesta data (31/10), veja as possibilidades que o Guia do Ex-Negativado divulgou!

Descubra como funcionam os investimentos de curto prazo

Os investimentos de curto prazo são os processos financeiros que duram entre 1 a 90 dias. Normalmente, marcam-se pela liquidez e rentabilidade. Além disso, partem da necessidade de basear-se em uma estratégia pré-determinada.

Esse tipo de investimento é aquele onde os retornos serão obtidos em até dois anos, bem como o seu resgate. Dessa maneira, o investidor precisa escolher opções mais conservadoras. Em segundo lugar, é necessário fazer o planejamento correto, tarefa que permitirá que o investidor escolha as melhores alternativas para aplicar seu dinheiro.

Renda Fixa

Existem muitos tipos de investimentos de curto prazo, passando por opções mais conservadoras, como a Renda Fixa, e alcançando a marca de oportunidades mais arriscadas, como a compra de ações. Alguns exemplos desse tipo de investimento são mencionados, a seguir.

Veja também: Renda extra com pouco investimento: Confira 3 ideias lucrativas

Continua depois da publicidade

Tesouro Selic

Investimentos de curto prazo
Investimentos de curto prazo – Imagem: Pixabay

O tesouro Selic trata-se de uma opção conservadora, onde a remuneração está relacionada à taxa Selic.

CDB

O CDB (Certificados de Depósitos Bancários) é uma alternativa que rende bem mais que a poupança e é, então, uma ideia para quem deseja fazer um investimento seguro.

Fundos DI

Essa opção está associada à taxa Selic e ao CDI e, sendo assim, são pós-fixados.

Fundo de Renda Fixa ligado ao CDI

Em razão de serem ligados à taxa Selic e ao CDI, assim como a opção acima, eles também são pós-fixados.

Independentemente da escolha que você fizer, é, portanto, essencial saber que existem ótimos produtos de renda fixa disponíveis para formação de carteira de curto prazo. Ao contrário do que muitos pensam, existem muitas opções de investimentos de curto prazo que rendem mais do que a poupança.

Veja também: Selic 7,75%: onde investir com a alta dos juros? Veja 5 opções

Educação financeira: descubra INVESTIMENTOS FÁCEIS A PARTIR DE R$50

Carregando comentários aguarde...
...
...