Quanto de dinheiro preciso para morar na Itália? Veja dicas e evite apuros

Quem está preparando as malas para mudar de país, precisa ter em mente algumas especificações sobre as finanças e questões de gastos relativos à nova localidade.

Quanto de dinheiro preciso para morar na Itália? A dúvida é corriqueira entre aqueles que pretendem deixar o Brasil e embarcar rumo ao país conhecido como a “Velha Bota” (em função do desenho de seu território), a Itália. Saber a resposta pode ser essencial para evitar passar apuros. Hoje (25/11), o Guia do Ex-Negativado traz as principais informações sobre o tema, a fim de que a mudança para o novo país seja mais tranquila em relação ao financeiro e novos hábitos.

Quanto de dinheiro preciso para morar na Itália

Para descobrir quanto de dinheiro é preciso para morar na Itália, é necessário saber um pouco sobre o custo de vida nesse país.

Assim como acontece no Brasil, o estilo de vida e a cultura na Itália podem variar bastante de uma região para outra. Dessa forma, quem pretende gastar pouco dinheiro pode escolher uma cidade pequena para viver, já que os custos podem ser menores.

De um modo geral, a qualidade de vida no país é muito boa. Em algumas regiões, é possível comer bem com pouco dinheiro e ainda aproveitar a boa vizinhança, pois os moradores tendem a ser simpáticos.

Aluguel na Itália

Quando alguém decide se mudar de país, a primeira coisa que deve ser procurada são os preços dos aluguéis.

Esse ponto é bastante importante e pode influenciar muito na vida financeira dos novos habitantes.

Normalmente, os valores do aluguel são mais caros nas capitais e em localidades ao norte da Itália (região mais rica do país), o que acaba deixando o custo de vida nesse país um pouco mais alto.

Os aluguéis mais caros podem ser encontrados em lugares como Roma, Milão e Florença.

Por outro lado, o valor médio dos aluguéis em estabelecimentos com um quarto, no caso de cidades médias, é o seguinte em Euros:

  • Verona (Norte): 583€;
  • Salerno (Sul): 550€;
  • Arezzo (Centro): 491€.

Veja também: Saiba quais as desvantagens de morar em Portugal antes de sair do país

Despesas gerais da casa

Quanto de dinheiro preciso para morar na Itália
Quanto de dinheiro preciso para morar na Itália – Imagem: Pixabay

Os gastos gerais de uma casa na Itália ocupa a maior parte do custo de vida no país. Isso acontece porque, além das despesas habituais (luz, água, telefone, etc.), será preciso pagar uma taxa do lixo. Normalmente, esse preço é incluído na conta de gás ou no condomínio.

Veja, a seguir, os preços das principais despesas, novamente em euros:

  • Luz: 30€;
  • Água: 20€;
  • Taxa do lixo: 25€;
  • Celular: 15€;
  • Internet: 30€;
  • Gás: 30€.

Os moradores precisam destinar, no mínimo, 20% do salário para pagar as despesas fixas.

Saúde

Infelizmente, a Itália não oferece atendimentos de saúde gratuitos. No entanto, há assistências grátis para idosos com mais de 65 anos e para crianças de até 6 anos.

Além disso, os atendimentos básicos também podem ser gratuitos, porém, um preço é cobrado para outras operações e os valores variam conforme a região.

Dessa forma, é importante conferir essas informações dentro do lugar onde você pretende morar.

Clique no Banner e Baixe Grátis o Ebook!

Aprenda a fazer fotos e edições profissionais usando o seu celular e comece a faturar em dólares, trabalhando com os maiores bancos de imagens do mundo. Baixe Grátis o e-book: Como Fazer da Fotografia com Celular um Negócio Lucrativo.

Quanto de dinheiro é preciso para morar na Itália

Considerando os aspectos básicos, para conseguir viver na Itália você precisará de, pelo menos, 800 euros/mês. Obviamente, essa faixa pode variar conforme a cidade e a região em que você pretende viver.

Além disso, vale a pena dar uma olhada nos salários mínimos praticados no país. Veja:

  • Profissionais não qualificados (como empregados domésticos e babás): entre 600€ e 900€;
  • Pouco qualificados (como atendentes e vendedores): entre 1.100€ e 1.500€;
  • Profissionais com qualificação intermediária (como área hoteleira): entre 1.600€ e 1.800€;
  • Com qualificação alta (como engenheiros e médicos): entre 1.900€ e 2.500€.

Veja também: Veja o que é preciso para morar na Irlanda e adapte-se sem problemas

Educação Financeira: COMO ECONOMIZAR GANHANDO 2 MIL REAIS?! (Dicas Vitais)

O Guia do Ex-Negativado não tem ligação com bancos ou qualquer outra instituição financeira do mercado. Nosso objetivo neste espaço é o de, unicamente, levar aos nossos leitores informações confiáveis no contexto da relação humana com o dinheiro e da cidadania. Em sendo assim, tópicos como finanças pessoais, oportunidades de mercado, direitos e deveres do consumidor estarão presentes permeando nosso conteúdo. Acreditamos que seja sim possível ajudar no processo de desenvolvimento da educação financeira, e, por conseguinte, na construção de um espírito crítico do cidadão. No entanto, vale também a ressalva, de que nada publicado neste Blog constitui em uma recomendação pessoal de investimento. Caberá, desse modo, a quem deseja investir, tomar suas próprias decisões em relação às estratégias financeiras a serem adotadas em sua vida pessoal e profissional. Dúvidas ou sugestões? Entre em contato conosco: E-mail: contato@guiadoexnegativado.com.br Telefone: (31) 3500-2894
Comentários
Loading...