Como dar entrada na pensão por morte online? Veja passo a passo

É possível requerer o benefício sem sair de casa, confira quem tem direito

Anúncio


A pensão do INSS se volta aos dependentes financeiro de trabalhador ou de pessoa que recebia aposentadoria e que veio a falecer. Mas como dar entrada na pensão por morte? Confira hoje (14/10) como requerer o benefício online, sem sair de casa. Igualmente, veja quem tem direito ao benefício.

Atualmente é possível requerer o benefício pela internet. Isso ocorre pelo site ou pelo aplicativo Meu INSS. Dessa maneira, é possível contornar o atendimento presencial. Apesar disso, mesmo assim é necessário aguardar a fila de análise do benefício, que hoje demora em média 100 dias.

Como dar entrada na pensão por morte pela internet?

É bastante fácil de requerer o benefício ao INSS. Afinal, como dito brevemente, ele permite a solicitação pela internet, tanto no aplicativo quanto no site Meu INSS. Veja, então, o passo a passo para se tornar pensionista:

  • Primeiramente, entre no Meu INSS;
  • Em seguida, faça login com CPF e senha;
  • Então, clique na tela inicial em “Agendamentos/Solicitações” > “Novo Requerimento”;
  • Depois, para dar entrada na pensão por morte encontre a alternativa deste benefício e clique em “Atualizar”, confira seus dados e depois avance;
  • Por fim, preencha as informações requisitadas em tela e encaminhe o pedido.
Como dar entrada na pensão por morte
É possível dar entrada na pensão por morte pelo aplicativo ou site Meu INSS. – Foto: Canva Pro
Notícias relacionadas

Como funciona a portabilidade de salário? Saiba…

Continua depois da publicidade

Quem tem MEI pode receber Auxílio Brasil? Veja…

Continua depois da publicidade

O INSS tem prazo de 60 dias para analisar o pedido. Contudo, atualmente ele demora cerca de 100 dias. É possível acompanhar o status do requerimento pelo aplicativo ou site Meu INSS, bastando acessar a parte de “Agendamentos/Solicitações”.

Quem pode dar entrada à pensão por morte?

Têm direito à pensão do INSS os seguintes dependentes financeiros de trabalhador segurado ao INSS ou de quem recebia aposentadoria do órgão previdenciário:

  • Cônjuge ou companheiro(a);
  • Filhos até 21 anos de idade ou sem limitação etária em caso de deficiência ou incapacidade laboral;
  • Irmãos de até 21 anos ou, então, sem limitação de idade nos mesmos moldes que se aplicam aos filhos;
  • Pais.

Deve-se destacar que em caso de filhos e irmãos menores de idade, quem pode dar entrada na pensão por morte são os responsáveis. Além disso, deve-se ter em mente que o(a) cônjuge, companheiro(a) e filho(a) têm preferência ao benefício. Assim, somente se eles inexistirem os pais e irmãs(os) podem se tornar pensionistas.

Quem recebe o AUXÍLIO EMERGENCIAL vai receber o AUXÍLIO BRASIL? DESCUBRA MAIS sobre o tema

Carregando comentários aguarde...
...
...