Como pedir seguro-desemprego pela internet? Veja quem tem direito e passo a passo

É possível garantir benefício sem sair de casa, veja regras e como pedir

Anúncio


Como pedir seguro-desemprego pela internet? Pois bem, saiba que o procedimento é fácil, cômodo e rápido. Aprenda como fazer hoje, 15 de dezembro, aqui no Blog do Guia do Ex-Negativado.

O benefício disponibiliza requerimento online desde o ano passado. Com isso, trouxe mais facilidade aos trabalhadores durante a pandemia de Covid-19.

Igualmente, permite que eles tenham maior tempo disponível para a busca de emprego e recolocação no mercado de trabalho. Abaixo, veja como pedir o benefício online.

Como pedir seguro-desemprego pela internet: Passo a passo

O pedido é bem simples de ser feito. Ele apenas requer que você tenha em mãos a guia de seguro-desemprego – que é entregue pelo ex-empregador – bem como documentos pessoais, tais como CPF.

Como pedir seguro-desemprego pela internet
Como pedir seguro-desemprego pela internet? Veja quem tem direito e passo a passo – Foto: Canva

Assim, veja o passo a passo para requerer o auxílio de desemprego online:

Continua depois da publicidade
  • Em primeiro lugar, acesse o site gov.br/trabalho;
  • Logo depois, caso não haja cadastro, clique na opção para fazê-lo. Então, siga as instruções em tela a preencha as informações necessárias. Por fim, crie um login com senha;
  • Faça login e clique em “Requerer o seguro-desemprego”, e após um redirecionamento de página clique em “Solicitar seguro-desemprego”;
  • Digite o número das guias de seguro-desemprego (10 dígitos) e clique em “Localizar”;
  • Confira se as informações estão corretas e envie o pedido.

Assim, basta aguardar a análise do pedido. Caso esteja tudo certinho, o pagamento do benefício ocorre 30 dias após a solicitação. Caso caia em dia não-útil, o dinheiro cai no primeiro dia útil subsequente.

Continua depois da publicidade

Quem pode pedir seguro-desemprego pela internet?

Pode solicitar o benefício apenas quem perde o emprego por dispensa sem justa causa. Ou seja, pedido de demissão, acordo de dispensa ou fim de contrato por tempo determinado não geram acesso ao seguro.

Além disso, existem outras regras. Primeiramente, somente pode receber o benefício quem não tem renda. Isto é, que não tem outro emprego ou que não seja sócio em empresa que apresenta lucro.

Igualmente, deve-se cumprir com o tempo de trabalho mínimo antes de cada pedido. O período exigido é diferente para cada vez que o trabalhador pedir seguro-desemprego pela internet ou não.

Isto é, na primeira vez cumpre com um prazo de trabalho. Na segunda, por sua vez, com outro e assim por diante. Veja quais são:

  • 1° pedido: ao menos 12 meses de trabalho nos últimos 18 meses;
  • 2° pedido: 9 meses de trabalho dentro dos últimos 12 meses;
  • 3° pedido e seguintes: 6 meses de serviço no último semestre imediatamente anterior ao pedido.

Conheça os 5 MELHORES BANCOS DIGITAIS para RENDER DINHEIRO; todos eles BATEM A POUPANÇA

Atualmente quando o assunto é render dinheiro, precisamos levar em conta as particularidades das instituições financeiras.

Sendo assim, como o mercado financeiro está cada vez mais digital, as melhores oportunidades de rendimento, costumam estar nos bancos e plataformas de pagamentos digitais. No entanto, antes de tudo, é preciso entender o que é CDI e porque ele vale mais que a poupança.

Então, resumidamente falando, CDI é uma taxa que as instituições financeiras usam para regular os rendimentos de alguns tipos de investimento, e que costuma acompanhar 100% da Selic. A poupança, por sua vez, possui rentabilidade inferior, já que rende apenas 70% da Selic.

Dito isso, falaremos no vídeo sobre 5 bancos digitais e como funciona o rendimento de dinheiro em cada um deles. Vamos lá?!

Carregando comentários aguarde...
...
...