Como se aposentar por invalidez? Veja como funciona benefício do INSS

Esse formato especial de aposentadoria é exclusivo para alguns casos específicos de saúde

Dentre os tipos de aposentadoria que existem no Brasil está a por idade, por tempo de contribuição e em razão de invalidez. Cada uma dela segue regras específicas. Confira hoje, 25 de novembro, como se aposentar por invalidez, aqui no blog do Guia do Ex-Negativado.

Essa é a aposentadoria que se volta aos trabalhadores que não têm condições – físicas ou psíquicas – de prestar serviços. Assim, não conseguem garantir o próprio sustento em razão de doença ou outras condições de saúde limitantes. Por isso, segue normas bastante rígidas.

Como se aposentar por invalidez?

Pois bem. Isso depende do preenchimento de algumas condições. Igualmente, de um trâmite que inclui apresentação de documentos e perícia médica. Por isso, é algo burocrático e que requer um tempo de análise. Ainda, que não dá garantia de que realmente haverá o pagamento do benefício.

Como se aposentar por invalidez
Como se aposentar por invalidez? Veja como funciona benefício do INSS – Foto: Canva

Explica-se: somente pode se aposentar dessa forma quem comprovar que não tem condições de prestar serviços. Todavia, essa incapacidade não deve ser temporária. Em outras palavras, deve-se demonstrar que a condição que impede a possibilidade de prestação de trabalho é definitiva.

Para isso, então, deve-se apresentar alguns documentos. Dentre eles, laudos médicos e outras documentações do tipo. Da mesma forma, há necessidade de realização de perícia médica, onde um profissional do INSS determinará a existência de incapacidade definitiva ou não.

Preciso receber auxílio-doença para me aposentar por invalidez?

Não necessariamente. É verdade que esse é o caminho mais comum. Isto é, pede-se antes o auxílio temporário. Assim, com a ausência da evolução no tratamento contra a doença, busca-se comprovar que ela não tem condição temporária. Nessa hipótese, então, requer-se a conversão do auxílio em aposentadoria.

Entretanto, é possível pedir o benefício de aposentadoria por invalidez de forma direta. Ou seja, sem antes passar pelo auxílio que se relaciona às doenças. Seja como for, o requerimento deve ocorrer no Meu INSS, site ou aplicativo. Da mesma forma, pode ser feito nas agências de atendimento da Previdência Social.

Quais doenças dão direito à aposentadoria por invalidez?

Existem várias doenças e condições que permitem se aposentar por invalidez. Porém, deve-se ter em mente que sempre dependerá da situação do caso concreto. Isto é, se a pessoa não tem condições definitivas de prestar serviços.

Dentre as doenças graves mais comuns que permitem acesso ao benefício, contudo, estão tuberculose ativa, cegueira total, hanseníase, câncer, cardiopatia grave. Ainda, doença de Parkinson e contaminação por radiação.

NEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS: Pago ou deixo rolar?!

Essa pergunta é feita por muita gente que está endividada e com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, após um determinado prazo decorrido da contração de uma dívida, o nome do consumidor deve ser retirado do cadastro dos órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa.

Em outras palavras, existe sim um tempo definido para que o CPF de uma pessoa permaneça restrito. Assim que uma dívida vence e não é paga, ela pode ser inclusa no sistema dos birôs de crédito.

A partir daí, existe um prazo máximo legal, para cobrança desse débito na Justiça e também para a negativação. Entenda mais sobre o assunto no vídeo e saiba o que fazer nessa situação e saia do sufoco!

O Guia do Ex-Negativado não tem ligação com bancos ou qualquer outra instituição financeira do mercado. Nosso objetivo neste espaço é o de, unicamente, levar aos nossos leitores informações confiáveis no contexto da relação humana com o dinheiro e da cidadania. Em sendo assim, tópicos como finanças pessoais, oportunidades de mercado, direitos e deveres do consumidor estarão presentes permeando nosso conteúdo. Acreditamos que seja sim possível ajudar no processo de desenvolvimento da educação financeira, e, por conseguinte, na construção de um espírito crítico do cidadão. No entanto, vale também a ressalva, de que nada publicado neste Blog constitui em uma recomendação pessoal de investimento. Caberá, desse modo, a quem deseja investir, tomar suas próprias decisões em relação às estratégias financeiras a serem adotadas em sua vida pessoal e profissional. Dúvidas ou sugestões? Entre em contato conosco: E-mail: contato@guiadoexnegativado.com.br Telefone: (31) 3500-2894
Comentários
Loading...